O Mundo

terça-feira, 5 de maio de 2015

Bom dia! :-)

Ok... Agora vocês entenderam, né? Foram dias em que as Espadas e a Justiça entraram em ação e, pelo visto, chacoalharam mares e terras! Mas hoje temos o Mundo desfilando por aqui, provando que muitas coisas não têm limite nesta vida, desde a capacidade do ser humano de se superar até a cara de pau da humana criatura (ok, isso não foi bonito...rs)

O Arcano do Mundo é um queridinho, do tipo que ganha a simpatia de quase todas as pessoas que começam a se relacionar com o tarot. Ele fala de ir além dos limites, ele fala de expansão, ele fala de conexão, ele, eventualmente, fala de um tipo de união muito harmoniosa (no tarô mitológico, ele fala do ser andrógino). Ele é meio Gita: o início, o fim e o meio...rs

Como hoje é terça-feira, dia regido por Marte, que possui uma energia guerreira, nossa atenção está voltada para todas as questões que envolvem decisões, disputas, atitudes.

O que pensar desta mistura de Marte com Mundo? Bem, o que eu vou falar tem muito a ver com uma situação que estou vivendo mas - quem sabe? - serve para vocês também? A ideia é ampliar a perspectiva, a visão... Olhar uma determinada decisão a ser tomada ou batalha a ser travada sob um ângulo mais amplo, com mais confiança. Entender que "o mundo é redondo" (adoro essa frase) e que a gente se encontra na esquina, a lei de causa e consequência. Ninguém escapa disso! E eu falo há muitos anos: existem coisas que a gente precisa pensar bem antes de fazer ou falar, porque elas não têm volta. Porque algo se quebra, algo se transforma, algo é destruído de uma forma que não há como refazer.

Pois bem, hoje estamos aqui para transcender, hoje estamos aqui para ir além do que imaginávamos ser possível. Hoje, estamos aqui para conseguir um resultado melhor, estamos aqui para vencer! Não um inimigo, real ou imaginário, mas vencer nossas própria limitações. Como diria nosso amigo Buzz Lightyear: "ao infinito e além!" ;-)

Ótima terça-feira para todos nós!

A imagem veio daqui


Um comentário:

Aldo Luiz Fonseca disse...

Cacauzíssima!

E hoje deu pra mim "o diabo".

Toda paz! Sou grato.