10 de Paus

terça-feira, 22 de setembro de 2020

Bom dia! :-)

Depois do trabalho realizado em conjunto, ontem, com o 3 de Ouros, hoje, a impressão é que o trabalho é solitário e pesado. Sim, o 10 de Paus fala de uma sobrecarga, um excesso... Seja do trabalho em si, seja da forma como encaramos tal esforço.

Eu sou uma pessoa bem habilitada para falar sobre isso... Porque sei que trabalho bastante, mas percebo que não trabalho tão mais do que a maioria das pessoas, pra ser sincera, em contagem de horas, provavelmente, trabalho menos... afinal, moro neste país tropical, abençoado por Deus, bonito por natureza, mas que precisa melhorar bastante suas leis trabalhistas...rs Sei que trabalhar umas 10h por dia é visto como algo normal... ou trabalhar 8h de segunda a sábado, o chamado "horário comercial"... Eu não trabalho deste jeito e, ainda assim, me sinto bastante sobrecarregada. Inclusive, me pergunto todo dia como as pessoas conseguem viver assim, viver só pra trabalhar, sem tempo para as coisas que são realmente importantes na vida como estar com as pessoas que amamos, desenvolver nossos talentos, ter contato com a natureza, estudar assuntos que nos interessam e simplesmente viver.

O 10 de Paus fala desta sobrecarga, este peso! E fala também da sobrecarga vinda dos outros, ou seja, ele fala sobre carregarmos fardos alheios. Demorei um pouco para entender a imagem... até que percebi que a mãe faz exatamente isto durante a gravidez: carrega um peso que não pertence a ela mesma por princípio. A diferença é que na maternidade fazemos isso por amor e de forma consciente e voluntária (pelo menos assim deveria ser sempre). Mas quando se trata de trabalho, vida profissional, deveríamos evitar este tipo de postura para o nosso próprio bem.

Como você lida com o seu trabalho? Faz a sua parte de forma disciplinada e bem feita, mas não absorve a responsabilidade que não é sua? Ou acaba abraçando o trabalho dos outros como se fosse seu? Ou não sabe dizer não quando lhe pedem algo que não é sua obrigação? Ou é do tipo pro ativo, que vive buscando se sobrecarregar para mostrar como é competente? Este é um bom momento para refletir sobre o tanto que você carrega a mais e porque faz isso.

Que a terça seja de reflexão em relação ao peso que você carrega!

A imagem veio daqui
 

3 de Ouros

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Bom dia! :-)

Ele voltou... Passou por aqui na quinta-feira passada e com características bem diferenciadas, trazendo uma intensidade que nem é típica do naipe de Ouros, e hoje reaparece - confesso! - me deixando com a pulga atrás da orelha. Será que teremos fortes emoções novamente?

O 3 de Ouros fala, basicamente, de trabalho produtivo preferencialmente feito em parceria. Quando ele aparece, é comum que os primeiros resultados positivos de um determinado trabalho já estejam surgindo.

Pensando assim, fica fácil deduzir que um dia de 3 de Ouros é um dia com realizações práticas, trabalho em equipe (ou pelo menos em dupla) e, com frequência, atividades manuais ou físicas.

A segunda-feira é o dia da semana regido pela Lua, portanto, dia de magia e espiritualidade. Podemos pensar em algum tipo de trabalho espiritual? Sim! Podemos pensar em algum trabalho mágico? Também! E nem precisa ser algo tão grandioso, viu? Sou super adepta de pequenos rituais cotidianos...

Então, olhe no espelho e faça a pergunta: qual setor da minha vida precisa de proteção ou uma força a mais? A resposta dará direcionamento ao trabalho a ser realizado.

Que a segunda seja prática!

A imagem veio daqui
 

A Morte

domingo, 20 de setembro de 2020

Bom dia! :-)

Mudamos de ciclo, depois de 10 dias vibrando na energia dos Enamorados. Sim, nosso último ciclo foi relativamente longo e agora a transformação parece ser ampla, porque além de mudarmos de ciclo, temos como regente deste ciclo um dos Arcanos Maiores que fala mais profundamente de transformação: a Morte.

De um modo geral, o Arcano da Morte é temido... mas isto acontece somente com pessoas que não possuem conhecimento profundo sobre o tarot. A Morte não fala, necessariamente, da morte física, aliás, é mais fácil a Morte falar de nascimentos...

A interpretação mais clássica do Arcano da Morte é a transformação, uma mudança que vem depois do encerramento de uma fase. Portanto, quando esta carta aparece, podemos esperar um término e/ou começo, normalmente, decidido pela própria pessoa e não por fatores externos ou outras pessoas.

Levando-se em conta que o domingo é regido pelo Sol e um dia de autoconhecimento e trabalho interior, minha recomendação é aproveitar o momento para olhar para dentro de si e decidir jogar o "lixo" fora (entendam lixo como manias, vícios, medos/limitações). Sempre que desejamos a mudança em nossa vida, o primeiro passo deve ser abrir mão do que é antigo e não serve mais ou nos prejudica.

Vamos fazer do domingo o nosso momento de cura e renovação. Estamos falando da morte do nosso antigo eu para que o novo eu possa nascer forte e livre.

Que o domingo seja transformador!

A imagem veio daqui


 

5 de Ouros

sábado, 19 de setembro de 2020

Bom dia! :-)

Acreditem ou não, esta é a primeira vez que este Arcano aparece por aqui este ano e olha que já passamos da metade de setembro! Considero isto bem interessante, levando-se em conta que estamos vivendo um ano bem atípico e desafiador, e um dos significados mais marcantes do 5 de Ouros é uma auto permissão para um pedido de ajuda.

Quando esta carta aparece, existe um conselho implícito: deixe o orgulho de lado e peça ajuda! Em momentos difíceis, é preciso união para superar os desafios.

O 5 de Ouros é também um alerta para cuidar bem das finanças e dos bens materiais de um modo geral, considerando que ele pode falar de perdas e prejuízos. Quando olho para este Arcano sempre me lembro da carta do Rato do Baralho Lenormand, apesar de que o 5 de Ouros abre possibilidade imediata para a recuperação da fase difícil desde que se esteja apoiado em outra pessoa (basta lembrar das imagens tradicionais, com um rapaz usando muletas apoiado em outro vestido de farrapos)

Uma outra visão deste Arcano é algo como: do que preciso abrir mão para seguir mais leve? O que devo fazer para me desgastar menos? Respondendo esta pergunta, tudo ficará mais fácil e mais seguro.

Que o sábado esteja protegido!

A imagem veio daqui


 

7 de Copas

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Bom dia! :-)

Não sei como foi a quinta-feira para vocês (sintam-se à vontade para comentar na página do Facebook), mas por aqui o dia foi agitadíssimo, com situações de conflito e situações de empoderamento totalmente inesperadas, sendo que todos os fatos foram associados a um trabalho em conjunto. Mas hoje a energia muda radicalmente! O 7 de Copas é uma carta que, quando aparece por aqui ou em algum jogo, eu recomendo calma e atenção... de preferência, sem tomadas de decisão importantes.

O 7 de Copas fala da dúvida entre o que é intuição e o que é ilusão. Isto acontece porque quando estamos sob efeito desta energia ficamos muito sensíveis e receptivos. Ou, como costumo dizer sempre, a parabólica está desgovernada, captando sinais que não existem ou captando o sinal do vizinho.

Ao mesmo tempo, hoje pode ser um bom dia para trabalhar com oráculos, desde que você tenha experiência, mas na vida cotidiana talvez seja melhor evitar escolhas definitivas. Atenção para situações do tipo "cortina de fumaça"... diante de qualquer novidade que apareça, a melhor pergunta a fazer é: quem está ganhando com isto?

Uma boa dica para fazer a intuição funcionar direitinho é compreender que dificilmente a intuição "fala" dentro da sua cabeça te orientando na terceira pessoa. Exemplo: "você deveria ir lá arrumar confusão". De um modo geral, a não ser que se tenha um mentor, guia, mestre espiritual que dá conselhos, o mais comum é que venha, simplesmente, uma sensação, que pode ser interpretada como muito mais física do que mental, te obrigando a tomar determinada atitude. Essas são as intuições mais precisas.

Como a sexta-feira é de Vênus, o 7 de Copas também pode representar algumas delícias, provavelmente mais associadas a desejos sexuais do que amorosos, mas que podem garantir o tempero agridoce ao dia.

Que a sexta seja intuitiva!

A imagem veio daqui

3 de Ouros

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Bom dia! :-)

Hoje, acordamos alquimistas! Acordamos buscando a transmutação, a conexão com algo maior, com percepções incríveis e até visões de corpos de energia. Em função de todas estas experiências profundas, místicas, escolhi esta imagem para ilustrar nosso Arcano.

O 3 de Ouros é uma carta que, basicamente, fala de um trabalho desenvolvido em parceria e que funciona tão bem que o resultado final é maior e melhor do que seria a soma de cada trabalho individual. Podemos, de certa forma, dizer que isto é alquimia.

Gosto de lembrar que quando falamos de trabalho no naipe de Ouros não estamos nos referindo, especificamente, a uma atividade profissional. O trabalho, dentro da visão do elemento terra, é tudo aquilo que exige esforço e empenho. E quando chegamos no 3 de Ouros estamos percebendo os primeiros resultados deste trabalho.

Que nossa quinta-feira traga todo este incrível poder de realização e encontros com parceiros harmoniosos para que possamos desenvolver o trabalho da melhor forma possível e com os melhores resultados.

Que a quinta seja realizadora!

A imagem veio daqui
 

Príncipe de Paus

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Bom dia! :-)

Não sei se todos notaram, mas estamos em um processo bem interessante neste ciclo de Enamorados que nos convida a fazer escolhas e lidar com questões emocionais/afetivas. Recapitulando os Arcanos Menores que saíram neste ciclo até agora: 2 de Ouros (mudança de postura), Ás de Espadas (foco e determinação), 2 de Paus (planejamento estratégico), 8 de Paus (observação dos sinais), Princesa de Copas (comunicação amorosa), Ás de Ouros (primeiro passo rumo à realização) e agora Príncipe de Paus (hora das mudanças).

Há sete dias estamos sendo estimulados a fazer escolhas e, se não estiver enganada, é possível que amanhã tenhamos uma mudança de ciclo, caso sejamos capazes de dar um grande abraço neste Príncipe de Paus.

Quando este personagem da corte aparece, temos um momento de transformação bem marcante, seja lá em qual setor da vida. Ele também fala da coragem para se lançar em algo novo, da ousadia e da criatividade na elaboração da mudança. O Príncipe de Paus é o herói, aquele que salva e abre espaço para uma nova chance, uma nova vida.

Como estamos na quarta-feira, dia da semana regido por Mercúrio e dia de prestarmos mais atenção na nossa comunicação, talvez tenhamos alguma notícia transformadora. Ou, ainda, fique claro que é o momento de mudar a forma da nossa própria comunicação. Precisamos ser mais ousados? Precisamos ser mais criativos? O que precisamos mudar na nossa forma de falar ou de ouvir?

Que a quarta seja transformadora!

A imagem veio daqui