Príncipe de Ouros

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Bom dia! :-)

Depois de dois dias na vibração do 10, ora no aspecto bem concreto, ora no aspecto mais emocional, temos hoje a presença do moço que não brinca em serviço! Ele é aquele do "missão dada, missão cumprida". Não perde tempo pensando, planejando, filosofando... Ele parte para a prática.

Pois bem, preciso fazer uma defesa antecipada sobre o que eu acabei de escrever: não tenho nada contra pensar, planejar e filosofas. Aliás, eu adoro tudo isso! No entanto, o Príncipe de Ouros é sempre um alerta para a perda de tempo excessiva com essas coisas sem colocar a mão na massa.

Como nada acontece por acaso, eu já havia me esquecido qual era o Arcano de hoje, mas, perto de meia noite, conversava com o sócio na cozinha (nossas conversas de cozinha são famosas...rs) sobre um amigo nosso que costuma cair nessa armadilha, de ficar muito nos planos e discursos, mas não "pega no pesado" para resolver as situações que surgem pela vida.

Nos dias de hoje, isso é muito mais recorrente do que se pode imaginar! A razão é simples: vivemos em um mundo cada vez mais mental, intelectual e/ou virtual. As atividades manuais, concretas, estão ficando cada vez mais de lado. Costumo dizer que se a energia, a tecnologia e as indústrias desaparecerem poucos serão os humanos que vão sobreviver. Provavelmente, só os mais pobres, habituados com poucos recursos, e que moram em regiões inóspitas. 

Se vocês estão duvidando, basta que respondam a algumas perguntas: quem sabe cozinhar? Quem sabe plantar e colher? Quem sabe costurar sua própria roupa? Construir sua própria casa? Estamos muito dependentes de tecnologia, indústrias e profissionais especializados. Precisamos ser mais independentes!

Pois bem... Tudo isso que falei tem a cara do Príncipe de Ouros!

Ele é prático, direto e objetivo. Traça uma meta e vai cumpri-la! Então que tal fazermos isso? ;-)

Mas não vamos nos esquecer que hoje é uma sexta-feira de amorzinho (apesar de que tudo em volta diz que é a sexta-feira da paixão... não a paixão de amorzinho, mas a paixão de sofrimento...) Eu prefiro sempre celebrar o amor! E, afinal de contas, não foi sobre o amor que aquele cara tão bacana chamado Jesus Cristo sempre falou? Menos sacrifício e culpa e mais amor, por favor! O Mestre vai gostar, tenho certeza! :-) E assim poderemos celebrar no domingo o verdadeiro renascimento (e pra quem não sabe eu amo a Páscoa!)

Vamos fazer da nossa sexta-feira de Vênus um dia para colocar em prática o amor. Tanto o amor universal quanto o amor romântico (ah, sempre ele... ai,ai...) Amar é bom demais, gente!

Ótima sexta-feira para todos nós!

A imagem veio daqui


10 de Copas

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Bom dia! :-)

Outro 10... Outro 10 lindo! De fato, o 10 de Ouros e o 10 de Copas são maravilhosos e, estranhamente, o 10 de Espadas e o 10 de Paus não são cartas legais, né?

Mas, como eu já disse, esta é uma semana excelente! Portanto, esperem somente cartas boas. Amém! :-)

O 10 de Copas não é apenas a carta do casamento e do amor maduro, é também a carta da família espiritual, ou seja, ela representa a conexão e a ligação com espíritos/pessoas afins. Sempre que esta carta aparece é sinal de que vamos ter a oportunidade de vivenciar alguma situação muito especial com pessoas com as quais temos pontos em comum.

Claro que as imagens do 10 de Copas que mais aparecem mostram famílias felizes e casais apaixonados. Mas podemos trazer essa interpretação para outros setores da vida também. Como hoje estamos sob regência de Júpiter, o foco da interpretação é em relação ao poder, o uso do poder e a relação com autoridades.

De forma bem resumida, podemos dizer que o poder de hoje é o amor. Também podemos dizer que podemos acessar autoridades e pessoas poderosas através do amor, do sentimento de conexão e pertencimento. Afinal de contas, todos estamos ligados e os conflitos começam quando nós cortamos esses laços ou quando nós esquecemos que eles existem.

A grande dica do dia é para trabalhar a própria energia amorosa, das mais diversas formas e nos mais diversos setores. O amor é o caminho, a solução e é o que vai fazer com que a sorte chegue mais perto de nós. Vamos exercitar esse sentimento e vamos torcer para que a sorte nos abençoe.

Que a quinta-feira seja bela e harmoniosa para todos nós.

A imagem veio daqui


10 de Ouros

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Bom dia! :-)

Existe algo de mágico na realidade... E existe algo de real na magia. Mas por que insistimos em diferenciar uma coisa da outra?

O que chamamos de realidade costuma ser formatado pela cultura vigente, algo como um treinamento, um condicionamento que nos impõe. Sem ele somos considerados à parte, marginais, inadequados. Mas com ele somos apenas mais um na multidão de robôs.

Mas por que estou escrevendo tudo isso?

Muito simples... O 10 de Ouros é um Arcano que costuma falar de segurança, conforto e estrutura. Eu AMO essas três coisas, mas sei que se não soubermos lidar com isso da forma correta ou se exagerarmos na dose, essas coisas tão gostosas podem se tornar nossas inimigas.

Hoje, quarta-feira de Mercúrio, temos o nosso foco na comunicação e na auto expressão.  Um 10 de Ouros mostra, claramente, a importância de sermos objetivo em nosso discurso. Mas isso não é tudo! Temos que desenvolver um discurso claro, objetivo, concreto e que passe segurança.

Isso me faz lembrar de uma aula da faculdade em que éramos chamados a ir lá na frente falar, durante três minutos, sobre um tema escolhido pelo professor. Um tema sobre o qual não tínhamos a menor informação anterior... Mas era este o desafio! Falar sobre algo que se desconhece durante três minutos. Nunca mais me esqueci de tal experiência... E, conforme os anos foram passando, percebi que no jornalismo fazemos isto o tempo todo: falamos sobre o que não sabemos...rs No tarot também! Às vezes eu me assusto, depois de falar um monte de coisas (que eu nem imagino de onde vieram, simplesmente, a partir de um grupo de cartas, foram fluindo da minha percepção), as pessoas falam/escrevem "caramba! Mas você descreveu exatamente o que anda acontecendo comigo!" Pois é... Continuo falando sobre coisas que desconheço... e com a maior coerência! rs ;-)

Assim é o 10 de Ouros: ele tem a maior segurança, estrutura... Ele passa firmeza! Ao mesmo tempo, isso não quer dizer que ele apenas repete condicionamentos... Não! Nós podemos trazer para a realidade afirmações que, a princípio, podem parecer fictícias, mas que através da nossa própria fala começam a plasmar nesta realidade. E o que é, afinal, realidade, senão algo que aqui se manifesta?

Então, o desafio e, ao mesmo tempo, a grande magia hoje é, através da palavra firme e segura, fazer um pouco mais real aquilo que está dentro de nós. Quem topa o desafio? Eu já até sei o que vou materializar! ;-)

Ótima quarta-feira para todos nós!

A imagem veio daqui

6 de Copas

terça-feira, 15 de abril de 2014

Bom dia! :-)

Existe certas coisas que estão tão "na cara" que a gente não percebe... Ou prefere não perceber. Depois desta saga do problema nos olhos (aproveito para avisar que meus óculos ficaram prontos, vou pegá-los amanhã; que venho fazendo os exercícios para os olhos ensinados no livro "A saúde de seus olhos" de Ney Chaves e que já encomendei um colírio fitoterápico desenvolvido por um oftalmologista de São Paulo para redução da pressão intra ocular), ontem me peguei com "a boca na botija"...rsrsrs

Eu estava vendo a pia cheia de louça suja e uma bagunça federal deixada pelo sócio que fazia nosso precioso kefir e pensei "ai, vou fingir que não estou vendo nada, senão me stresso". Prestaram atenção na frase: não ver nada! Pois é...

É claro que não vou dizer que foi só por conta deste pensamento que os olhos andam enxergando menos... Mas está claro que deve ter muita coisa que eu, simplesmente, não estou querendo enxergar.

Da mesma forma, eu percebi que o 6 de Copas não aparece por aqui desde outubro do ano passado. Vocês sabiam? E o que aconteceu em outubro do ano passado? Eu estava arrumando a nossa mudança, estava deixando para trás os canteiros de ervas medicinais e, de certa forma, a esperança de que não precisasse retornar para a prefeitura de São Lourenço. E o que é o 6 de Copas? É a alegria, é o encantamento, o prazer das pequenas coisas que nos deixam felizes. E durante este tempo todo em que eu estive em suspensão, sem casa e sem destino, ele sumiu. Mas o fato de ter reaparecido agora, creio, é um bom sinal.

Assim que eu vi esta imagem eu me lembrei - adivinhem? - do sócio, claro...rs

E me lembrei das bebidas sagradas, das muitas que existem em todo o planeta, e nos colocam em conexão com a Divindade exterior e interior. A proposta hoje é reconectar! Reconectar com o nosso Deus Interior para que este contato profundo com nossa essência possa resgatar a alegria mais pura que existe, a alegria do aqui e agora, a alegria de viver.

Como estamos em uma terça-feira de Marte, vamos fazer isso com todo amor e intensidade! Hmmm ... Paixões! Muito bom! Bom demais! ;-) Que os prazeres e as boas lembranças sejam nosso alimento e a alegria contagiante os melhores resultados.

Ótima terça para todos nós! :-)

A imagem veio daqui


Rainha de Ouros

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Bom dia! :-)

Vou começar com duas notícias excelentes!

A primeira é que a semana toda acontecerá dentro do ciclo de Estrela, a nossa querida. A segunda é que não temos uma só carta, de hoje até domingo, que seja chatinha, enjoada, negativa.

Bem, dito isso, vem a expressão de espanto e alegria: olhem só quem voltou para nos visitar!!! Eu gosto muito desta Rainha... Apesar de que temos uma tendência a olhar para ela somente com o aspecto da praticidade, não podemos nos esquecer que , das quatro Rainhas, é nesta que encontramos o valor aos prazeres da vida.

A Rainha de Ouros é muito sensorial! Ela gosta de boa comida, boa bebida, conforto. deleites sensuais e sexuais. Afinal de contas o elemento terra traz as experiências para o corpo, ao invés de deixá-las presas na mente.

Em relação a isso, devemos sempre refletir sobre a nossa vida virtual, mental, intelectualizada, racionalizada e idealizada. Vira e mexe eu me pergunto: estamos mesmo vivendo? Ou estamos somente pensando na vida?

Vocês já se fizeram essa pergunta? Eu já... Várias vezes! Porque só existe uma forma de viver, de fato, a vida: quando estamos presentes no aqui e agora. Se ficamos com nossa mente presa no passado ou ansiosa pelo futuro, não conseguimos viver a vida, não conseguimos estar presentes aqui.

Ontem, aconteceu algo interessante... Eu trabalhei tanto, mas tanto, durante todo o dia... Um trabalho físico e não o trabalho intelectual ou intuitivo... Então eu fiz feira, arrumei as compras, rearrumei o escritório, desencaixotei mais coisas, organizei essas coisas, fiz comida, limpei casa... Que quando olhei o relógio levei um susto! Pensei que já eram umas nove horas da noite e eram somente sete. Como pode isso? Ainda mais nesses tempos em que tudo passa tão rápido? É que eu fiz muita coisa mas estava 100% presente no aqui e agora.

Talvez seja este o segredo da Rainha de Ouros, pensar menos e agir mais. O cansaço é físico, mas é só físico... Sem stress, ansiedade, sem tempo para frustração.

Nesta segunda-feira de Lua,  regência que nos faz pensar em magia e espiritualidade, vamos usar toda a praticidade da Rainha de Ouros para colocar nós mesmos e nossa vida em harmonia? Cuidar da saúde energética e espiritual é um excelente caminho! Banhos de ervas, meditação, yoga, limpeza energética na casa e no ambiente de trabalho. Vamos? ;-)

Ótima segunda-feira para todos nós!

A imagem veio daqui

Princesa de Paus

domingo, 13 de abril de 2014

Bom dia! :-)

Tenho certeza que vocês já estão deduzindo o óbvio... Mas como eu mesma costumo dizer que o óbvio não existe, já que a obviedade que eu vejo não é, necessariamente, a obviedade que você vê, acho melhor explicar! ;-)

Ontem tivemos a Estrela. É ela que dará o tom deste ciclo. E hoje temos a Princesa de Paus. Não tenho dúvida de que esta Princesinha (minha queridoca) estará expressando, dentro da energia de Paus/Fogo, muito do brilho e do significado da Estrela.

Vejam vocês... As ideias criativas, o entusiasmo e os lampejos da Princesa de Paus estarão reforçados pela sorte e o brilho da Estrela. Como eu sempre me identifiquei muito com este personagem da corte, fico feliz e puxo logo a brasa para a minha sardinha...rs

Pois bem, hoje é o dia do Sol, dia de trabalho interior e autoconhecimento. Se juntar isso com o ciclo de Estrela e a Princesa de Paus não posso ver outro resultado que não envolva ótimas ideias e descobertas incríveis sobre si mesmo através da conexão com o Deus Interior. Muitas vezes, é através de uma inspiração que percebemos coisas profundas sobre nós.

Eu estou digerindo certas coisas desde o começo da semana, com o susto no oftalmologista, depois os dias meio difíceis, depois um pesadelo, em seguida meus olhos melhorando, vendo menos embaçado e fora uma oportunidade que surgiu meio no ar ainda, mas que pode vir a funcionar. Além disso, apesar de toda a minha enorme resistência em trabalhar com o tarot e as terapias aqui em São Lourenço, a sincronicidade está tão absurda que não completou ainda um mês que estou aqui e um dos cinco clientes que eu ainda atendia aqui já veio me procurar e fazer consulta, uma outra cliente que eu não atendia há uns quatro anos me viu na rua e veio correndo perguntar se eu tinha voltado e se estava atendendo, uma pessoa que nem sabia antes que eu trabalhava com isso ficou sabendo e veio me perguntar se eu a atenderia e, por fim, uma pessoa que eu conheci recentemente também quer marcar consulta.

Fazer o que? O que fazer?

Tenho uma boa lista de razões para não querer trabalhar com tarot em São Lourenço. Por outro lado, não posso ignorar os sinais que estão me cercando. Então, estou refletindo calma e profundamente sobre a possibilidade de fazer atendimentos aqui, mas dentro de critérios bem claros, ou seja, que o tarot seja somente um método diagnóstico para que possamos descobrir o que está errado e qual o melhor método terapêutico para resolver a questão. Bem, vamos ver como a coisa se desenrola. Por enquanto eu estou querendo somente conseguir colocar minha casa em ordem! rs

Fora isso, surgiu também uma inspiração e uma percepção, duas coisas bem Princesa de Paus. Prefiro não falar nada sobre isso ainda, mas sei lá... Acho que as coisas vão seguir um novo e surpreendente rumo. E um rumo bom!

Então, que o domingão seja de descanso... Por aqui, se a chuva der uma trégua de manhã e o sol nos brindar com a presença, vamos a uma cachoeira. Que tal? ;-)

Ótimo domingo para todos nós!

A imagem veio daqui

O brilho está dentro

sábado, 12 de abril de 2014

Em um dia em que o brilho da Estrela nos ilumina, aproveito a carona para transcrever aqui parte de uma mensagem enviada a uma cliente, resguardando, claro, sua privacidade e seu anonimato .

Faço isso porque o que escrevi ilustra bem a maior parte dos relacionamentos afetivos problemáticos que já conheci, inclusive os meus (rs), e a solução está no foco do nosso brilho interior, nosso contato com a Divindade que existe em nós.

Pois bem, cá está! :-)

Os processos mais dolorosos que temos na nossa vida (fora doenças nossas e de pessoas queridas e morte de pessoas queridas), costumam ser de relacionamentos afetivos. É claro que existe uma parte dessa dor que acontece mesmo, deve ser sentida, vivenciada, como um luto... para que depois possamos nos renovar. Mas eu diria que a maior parte desta dor não precisa acontecer.

Costumamos colocar muita expectativa no outro, especialmente a expectativa da nossa felicidade. Acredite, nesse sentido, de fato, não podemos acreditar em ninguém. Porque ninguém pode ser responsável pela nossa felicidade, a não ser nós mesmas. Isso acontece porque não somos completas e íntegras em nós mesmas, criamos vínculos de dependência com o outro, criamos uma ideia de que não temos como encontrar a felicidade a não ser através do outro.

Enquanto pensamos assim, realmente, é muito difícil evitar as dores. Agora, o mais interessante é que, muitas vezes, é quando absorvemos essa verdade - de que a felicidade está dentro e não fora - quando nos tornamos livres, independentes e realizadas em nós mesmas (desenvolvendo o amor próprio através do auto cuidado, encontrando uma carreira profissional realizadora, descobrindo talentos e habilidades que podem ser expressos de diversas formas, tendo uma vida social enriquecedora, compartilhando momentos com familiares e amigos de forma harmoniosa e amorosa, etc... etc...), que aparece o relacionamento amoroso ideal ou o parceiro que está ao lado "adormecido" pelos anos de convívio desperta. Porque passamos a atrair pessoas que estão nesse mesmo nível de vibração, nesse mesmo estágio de vida, nessa maturidade e realização pessoal.

Aí eu falo aquilo que comento sempre no blog: é fácil? Não! Mas é simples... É simples de entender e é claro o que se deve fazer, no entanto, é difícil sair da nossa forma de pensar e sentir as coisas, do nosso condicionamento anterior. Certa vez uma cliente me disse: "mas como é que eu não vou ficar pensando nele o tempo todo?" Resposta: "pensando em outra coisa que te faça bem". Vê... É simples, o que não quer dizer que seja fácil.

De um modo geral (e eu me incluo nisso com toda certeza), temos a tendência a colocar no outro a culpa do fracasso da relação. Mas precisamos entender o relacionamento afetivo como uma criação resultante da energia de duas pessoas. Se ele é bom ou ruim, se ele perdura por anos ou se acaba de uma hora pra outra, cada um tem 50% de responsabilidade por isso. Responsabilidade quer dizer contribuição para que a relação seja do jeito que é. E a contribuição se dá através de: atitudes, pensamentos, sentimentos, palavras e silêncios (aquilo que não falamos, mas vibramos em todas as nossas células, resultante do condicionamento que trazemos de família, de outros relacionamentos ou de outras existências, para quem acredita nisso).

Existem algumas pistas que são boas para fazer uma análise da nossa vida afetiva: observe se acontece na sua vida a repetição de problemas de relacionamento... Se você se sente sempre do mesmo jeito, como se trocasse o personagem do outro lado, mas todos eles fazem com que você se sinta na mesma situação. Perceba se está sempre esperando algo que nunca chega, buscando alguém que não existe, se sentindo perseguida e/ou rejeitada e/ou desvalorizada e/ou ignorada. Quando essas coisas se repetem em relacionamentos diferentes, podemos concluir que a única coisa que há em comum em todas as relações somos nós, então é provável que dentro de nós esteja a chave para solucionar isso.

É bom prestar atenção em um fato: não é coincidência que algumas pessoas tenham "sorte" no amor e outras não... E nem se trata de sorte, mas, na verdade, é como um rádio que pega melhor as frequências e outro rádio que faz mais barulho, chiado, do que toca música. Às vezes, a pessoa passa pela vida só com chiados amorosos... Provavelmente, existem condicionamentos bem negativos em relação à vida amorosa dentro dela. Outras vezes, ela alterna chiados com música limpa, som maravilhoso. É preciso descobrir o que causou a oscilação, para que ela não aconteça mais. De qualquer forma, por mais doloroso que seja, é fundamental a percepção de que tudo que nos acontece, inclusive na vida amorosa, é resultante de algo que existe em nós - consciente ou inconscientemente, que fique claro - e a melhor notícia de todas é que: se está dentro de nós, temos poder de melhorar, mudar, transmutar. Então, mãos à obra!

A Estrela

Bom dia! :-)

Olha, vamos fazer um combinado: vocês não reclamam, muito menos eu... Aliás, vamos fingir que nem estamos reparando que saímos de um ciclo de Sol e entramos em um ciclo de Estrela. Quem sabe se a gente fizer de conta que nem notou, eles continuam visitando a gente para todo o sempre amém? :-)

A Estrela é minha queridinha desde sempre! Nem sei dizer, ao certo, se gosto mais dela ou do Sol! Mas ela tem um encantamento todo especial! E traz consigo esta feminilidade e doçura, que são tão sedutoras! Não é à toa que ela representa o orixá Oxum e não é à toa que aparece por aqui em um sábado, dia de Oxum.

Na Estrela temos o sonho, o desejo, a beleza, e mais do que a esperança, temos aqui a confiança, a certeza de que tudo vai dar certo... E vai!

Nossa bela moça brilhante também é a inspiração, a arte, a conexão com a essência mais pura e profunda que existe dentro de nós. A Estrela nos ajuda a acessar o Deus Interior.

Como estamos no sábado de Saturno, com todo o foco voltado para a vida profissional e os projetos, a primeira coisa que temos que pensar é: o que diz nossa inspiração? Que caminhos profissionais e que projetos podem ser colocados em prática e expressar a nossa essência?

Eu e o sócio aqui já andamos pensando algumas coisas... E essas coisas, sem dúvida, são um bom exemplo de Estrela em sábado de Saturno. O que, aliás, é engraçado... Porque Saturno é todo sério, maduro, sisudo... Enquanto a Estrela é alegre e saltitante! rs

Creio que o equilíbrio entre esses dois lados seja muito produtivo. Vamos experimentar?

Ótimo sábado para todos nós!

A imagem veio daqui