O Eremita

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Bom dia! :-)

Aonde está a luz?

Isto é tudo... É a pergunta que ecoa dentro de cada um: aonde está a luz?

Buscamos respostas sempre fora, buscamos soluções, alegrias, felicidade, reconhecimento fora. Procuramos o amor fora, procuramos o caminho fora.

Mas a luz, meus caros, está dentro, isso eu posso afirmar!

Foi pensando nisso e refletindo em relação aos vários significados do Eremita, depois de uma prática de meditação que amo - o Canto da Lua Cheia -, que encontrei esta imagem em que vemos o eremita que traz um universo inteiro, rico, vivo dentro de si. Achei o simbolismo da imagem fantástico!

Este homem está só, isolado do mundo, mas quando abre o seu manto mostra o fogo, a água da cachoeira, diversos animais, plantas.. Existe vida dentro dele, em seu "infinito particular". Assim somos nós! Existe vida dentro de nós, existem universos diversos e lindos dentro de cada um de nós, basta encontrarmos a conexão.

Creio que esse seja o maior de todos os recados que o Eremita veio nos dar hoje, justamente um dia de Marte, com essa energia tão agitada e "pra fora". Não importa o quanto tudo esteja bagunçado, agitado, rápido lá fora... Aqui dentro há paz, aqui dentro há um caminho, uma resposta para cada pergunta. Aqui dentro existe o Eu Divino, a Divindade habita em mim.

A meditação de ontem me fez um bem incrível! Conforme eu cantava os mantras, sentia meu corpo ser tocado como um instrumento, em diversos tons e ritmos. E ficou uma percepção bem clara em relação ao quanto que eu posso mudar tudo dentro de mim, o quanto isso pode repercutir em volta, o quanto isso pode me fazer bem. E o quanto é importante ter esta consciência, não somente de forma racional, mas de forma profunda e prática. Porque de teoria já estamos todos cansados (não estamos? rs)

Então sejamos práticos em questões aparentemente abstratas e/ou sutis (e afinal não é isso Marte + Eremita?) Vamos exercitar a não-ação e fazer disso a coisa mais produtiva do dia! Que tal?

Ótima terça-feira para todos nós!

A imagem veio daqui

3 comentários:

Vinícius Dalí disse...

Lindo.

Fernanda disse...

Bom dia, vianautas!! Bom dia, Claudinha, boa volta ao trabalho na escola!
Bem... eu ontem tirei uma Rainha de Ouros, pra acompanhar o 4 de Ouros: foco no material, OK. Hoje, minha Rainha de Ouros se transformou em Rainha de Espadas. Não sei, acho que isso combinado com o Eremita me aconselha a ficar sozinha, ficar na minha, ser independente. O mais engraçado é que essas duas cartas me trazem a vibração do signo de Virgem (que, por acaso, é o meu ascendente e onde, como a Claudia também, tenho uma certa concentração de planetinhas no Mapa Astral). Reforço no pique perfeccionista e "certinho"? Ou um alerta pra eu tomar cuidado com esse mesmo pique a falta de paciência com o resto do mundo que não é assim? Como hoje é dia de plantão, um pouco das 2 coisas...
Dá o que pensar...
Ótima terça-feira, que eu vou agora atender a multidão de gripes e resfriados da volta da praia aqui no Pronto Socorro. Beijão!

Cacau Gonçalves disse...

Boa noite!

Vini, beijo!

Fernanda, voltou mais inspirada do que nunca! rs Sua associação Rainha de Espadas com Eremita foi perfeita... Sobre o seu questionamento, ando suspeita para opinar, pois pela contabilidade que andei fazendo nos últimos tempos, ser certinha, gente boa e menina exemplar dá péssimos resultados...rsrsrs Talvez, algo mais equilibrado, menos tenso, dê melhores resultados. Estou experimentando isso agora e estou muito bem ;-)

beijão