A Morte

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Bom dia! :-)

Uma das coisas que mais me encanta no tarot é a multiplicidade de significados que cada carta é capaz de alcançar, de acordo com a sua posição e interação com outras cartas. A carta da Morte, apesar de seu significado renovador (porque ela transforma), costuma ter, quando solitária, uma energia mais densa ou sombria, introspectiva. No entanto, aqui ela aparece depois de um duplo ciclo de Sol, portanto, ela ganha luminosidade e energia vital.

Quando encontrei esta imagem, não tive dúvida de que era a ideal para representar o Arcano 13 nesta quinta-feira! Aqui temos a Morte ao lado da fênix, a ave mítica da transmutação e do renascimento. Pois é isso mesmo que temos para hoje! Um momento de renovação, estimulado pela carga de energia radiante que recebemos do Sol de domingo e de terça.

Eu sou suspeita para falar, pois meu processo de transmutação começou no final de semana e ontem aconteceu meu renascimento, inclusive com acontecimentos concretos muito significativos, me mostrando que a energia retornou ao seu fluxo e eu, pelo visto, retomei o Caminho.

Muitas vezes, acreditamos que para que algo de novo aconteça na nossa vida é preciso um esforço enorme ou acontecimentos externos. Mas a vida vem me provando que quando nós damos uma parada, uma silenciada na mente faladora, que pipoca e causa estragos, quando nos permitimos aquietar, esta postura mais receptiva e pacífica começa a atrair os bons resultados. 

Como diz meu amigo Aldo (eu adoro esta frase!): tudo é fácil! E se não está sendo fácil, talvez seja porque não é isso que tem que acontecer. E se não é isso que tem que acontecer, que tal mudar de rumo? Que tal largar o controle e entregar um pouco, para que a Sabedoria Maior que nos guia mostre o que devemos fazer? Palavra de quem gosta de pensar que dá pra agendar a vida! rsrsrs Não dá! E o mais gostoso da vida é deixar que coisas surpreendentes, novas, capazes de dar novo brilho aos nossos olhos aconteçam. Simplesmente aconteçam! Assim... Naturalmente...

Com a presença do regente planetário Júpiter, temos ainda um pouco mais de sorte e benesses neste processo transformador. Vida nova! Que ela venha! ;-)

Ótima quinta para todos nós!

A imagem veio daqui

Um comentário:

Aldo Luiz Fonseca disse...

Maga amiga querida; o melhor de tudo mesmo é perceber o movimento e reconhecer conscientemente o quanto as poderosas escolhas divinas ("de quem" somos cúmplices, rs) saem sempre muito melhores que as egoístas nossas medíocres pretensiosas e escravistas do tipo; - eu sei o que estou fazendo com minha vida, gosto de guerra, por isso estou no controle da luta.

Óiaprocvê! Quirdita que tem muita gente que gosta desse apanhar?

Uma ótima morte pra todos nós.
Pra você um beijo enorme e o mar cantando Jobim...