10 de Paus

terça-feira, 30 de junho de 2015

Bom dia! :-)

Sempre que o 10 de Paus aparece por aqui eu me lembro das longas conversas que eu tinha com minha amiga Maryssol... Sim... Éramos duas representantes legítimas da Maria 10 de Paus...rsrs Para quem não sabe o que isso quer dizer, explico: mulheres que trabalham, e trabalham, e trabalham, e se exigem, e se criticam, e se cobram fazer sempre o melhor, se esforçar, melhorar... Ufa! Cansei só de escrever! rs

Este esforço contínuo muitas vezes acontece porque é necessário. Seja para sobreviver, pagar contas, cumprir responsabilidades, criar filhos... Mas muitas vezes é mais do que isso! É uma autocobrança interior sem fim, como se tivéssemos que estar sempre disponíveis para trabalhar, assumir responsabilidades, cuidar dos outros, dar respostas, buscar soluções. Na verdade, só falta a capa vermelha e um S estampado no peito!

Ser super (qualquer coisa) pode ser muito cansativo! E a prova de que estamos entrando nesse processo, novamente, é a presença desta carta por aqui hoje.

Ontem, durante a capacitação dos secretários escolares do município, eu enxerguei claramente esta sobrecarga! Recebemos notícias de sobrecarga de trabalho e eu estarei sozinha na escola no mês de julho, já que meu auxiliar vai tirar férias. Tudo isso de presente no mês do meu aniversário... Afffff

O resultado foi um final de dia de muito cansaço por algo que ainda nem aconteceu! Assim funciona o 10 de Paus! Eu ainda não trabalhei, mas eu já assumi todo o peso da responsabilidade disso sobre mim. Percebem? Entendem como isso se processa?

Pois bem, como se resolve este pequeno grande problema?

Eu ainda não conheci nada melhor: botão F...rsrsrs

É claro que eu não consigo fazer isso direito (ei, não é assim que se faz! rs), mas eu tento e a tentativa já é um grande passo. Eu percebo que não vou resolver todos os problemas do mundo, eu percebo que preciso descansar, que preciso me permitir um pouco de diversão, alegrias. Eu fico de olho na autocobrança, fico de olho no quanto eu estou me maltratando e digo "pode parar! Tenha compaixão de si!" E é esta vigilância permanente que vai me garantir sair, pelo menos um pouco, da energia do 10 de Paus

Quando uma carta aparece no Via, a ideia não é achar que vai ser isso mesmo e pronto. Não! Digo isso aqui constantemente! Não acredito em destino fechado e imutável! Acredito em causa e consequência, acredito em movimentos (físicos e energéticos), acredito em conexão com o nosso Deus Interior e com o "Chefe", aquele que está no topo da cadeia-matrix. Tudo isso junto é que vai criando a realidade, dia a dia. Portanto, ao ver o 10 de Paus aqui, não é para concluirmos que o dia será duro, mas é para, ao tomarmos consciência dessa energia, sermos capazes de transformar nossos antigos e danosos hábitos em uma postura mais leve e saudável.

Vamos tentar? ;-)

Ótima terça para todos nós!

A imagem veio daqui

4 comentários:

Aldo Luiz Fonseca disse...

Cara Maga

É melhor usar o cérebro do que os punhos. Não tente. (Tentar é falta de fé). Peça à Divindade em você a limpeza (sinto muito, me perdoe, te amo sou grata) destes sentimentos de sobrecarga ou carga, e, em gratidão (mútua) a Força Criativa fluirá e você terá idéias brilhantes que permitirão que você conquiste aquilo que deseja na mais absoluta Paz. Tenha absoluta (fé) confiança!

Um beijo agradecido, Toda PAZ.
E desde de já um super feliz aniversário.

Cacau Gonçalves disse...

Bom dia, meu povo! :-)
Bom dia, Aldo! :-)

Ontem entrei, oficialmente, no meu inferno astral... mas já prometi a mim mesma que será meu paraíso astral, de um jeito ou de outro. Eu já superei a fase do "o inferno é o outro". Não posso responsabilizar outra pessoa pela minha falta de felicidade, é muito injusto! Um peso muito grande pro outro carregar. Disso já tenho consciência há anos! Agora são aqueles ajustes finais, sabe? Do tipo: meu ego não pode ser maior do que a sabedoria da Divindade... Se alguma coisa/situação/pessoa fica perto de mim é porque tem que ficar... Se fica longe é porque tem que ficar. Eu não travo mais guerras... Eu só quero paz!

Tô limpando... Tô limpando...rsrs

beijo grande, meu amigo! E gratidão imensa pelo compartilhar nesta caminhada.

Aldo Luiz Fonseca disse...

Cara Maguíssima

Uaau! Sinto muito me perdoe te amo e sou grato de um fôlego só sem ponto nem vírgula com um beijíssimooooo de gratidão ao final.

Cacau Gonçalves disse...

Tamojunto! rs Evoluindo sempre!
Se eu tô, vc tá... Se vc tá, eu tô...rs ;-)