Príncipe de Ouros

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Bom dia! :-)

Depois de dois dias na vibração do 10, ora no aspecto bem concreto, ora no aspecto mais emocional, temos hoje a presença do moço que não brinca em serviço! Ele é aquele do "missão dada, missão cumprida". Não perde tempo pensando, planejando, filosofando... Ele parte para a prática.

Pois bem, preciso fazer uma defesa antecipada sobre o que eu acabei de escrever: não tenho nada contra pensar, planejar e filosofas. Aliás, eu adoro tudo isso! No entanto, o Príncipe de Ouros é sempre um alerta para a perda de tempo excessiva com essas coisas sem colocar a mão na massa.

Como nada acontece por acaso, eu já havia me esquecido qual era o Arcano de hoje, mas, perto de meia noite, conversava com o sócio na cozinha (nossas conversas de cozinha são famosas...rs) sobre um amigo nosso que costuma cair nessa armadilha, de ficar muito nos planos e discursos, mas não "pega no pesado" para resolver as situações que surgem pela vida.

Nos dias de hoje, isso é muito mais recorrente do que se pode imaginar! A razão é simples: vivemos em um mundo cada vez mais mental, intelectual e/ou virtual. As atividades manuais, concretas, estão ficando cada vez mais de lado. Costumo dizer que se a energia, a tecnologia e as indústrias desaparecerem poucos serão os humanos que vão sobreviver. Provavelmente, só os mais pobres, habituados com poucos recursos, e que moram em regiões inóspitas. 

Se vocês estão duvidando, basta que respondam a algumas perguntas: quem sabe cozinhar? Quem sabe plantar e colher? Quem sabe costurar sua própria roupa? Construir sua própria casa? Estamos muito dependentes de tecnologia, indústrias e profissionais especializados. Precisamos ser mais independentes!

Pois bem... Tudo isso que falei tem a cara do Príncipe de Ouros!

Ele é prático, direto e objetivo. Traça uma meta e vai cumpri-la! Então que tal fazermos isso? ;-)

Mas não vamos nos esquecer que hoje é uma sexta-feira de amorzinho (apesar de que tudo em volta diz que é a sexta-feira da paixão... não a paixão de amorzinho, mas a paixão de sofrimento...) Eu prefiro sempre celebrar o amor! E, afinal de contas, não foi sobre o amor que aquele cara tão bacana chamado Jesus Cristo sempre falou? Menos sacrifício e culpa e mais amor, por favor! O Mestre vai gostar, tenho certeza! :-) E assim poderemos celebrar no domingo o verdadeiro renascimento (e pra quem não sabe eu amo a Páscoa!)

Vamos fazer da nossa sexta-feira de Vênus um dia para colocar em prática o amor. Tanto o amor universal quanto o amor romântico (ah, sempre ele... ai,ai...) Amar é bom demais, gente!

Ótima sexta-feira para todos nós!

A imagem veio daqui


Um comentário:

Fernando Augusto disse...

E = m.c2

Energia. Energia é a palavra que eu uso para definir o Cavaleiro de Ouros, ele molda a dureza da terra pela energia abundante que possui. E é tanta energia que ele poderia derrubar todos os obstáculos em seu caminho, mas ele, estrategicamente, prefere saltar por cima deles, é mais elegante, é mais extasiante e poupa-lhe muito de sua própria energia para que ele possa executar outras tarefas que lhe dão tanto prazer, tarefas que envolvem o uso do corpo pois o Cavaleiro de Ouros possui uma inteligência corporal.

Isto me faz lembrar de minha frase predileta:

"Os guerreiros não conquistam suas vitórias batendo suas cabeças contra os muros, mas ultrapassando os muros. Os guerreiros saltam sobre os muros; eles não os derrubam."

Pensar é bom, agir é melhor, mas pensar sem agir de nada vale e agir sem pensar permite sempre pela ação uma correção de rumo. Aprende-se errando e não pensando quando se trata de realizar.

Nisto me vem à mente a outra frase que gosto para este Cavaleiro: Ajo duas vezes antes de pensar, pois se não acertar de um jeito acerto de outro. A abundância de energia permite isto e esta abundância deriva de não se gastá-la pensando demais, pois o nosso diálogo mental é uma das maiores fontes de desperdício de energia, deixa-nos cansados antes mesmo de começar. É muito mais jogo simples fazer do que ficar pensando em fazer e no que tem que fazer. Pensar atrapalha muitas vezes o fazer, pois pela habilidade de simplesmente fazer a própria inteligência do corpo conduz todo o processo ainda mais quando a mente silenciada pela atividade permite uma abertura para uma conexão mais fina e mais poderosa com a Vida!

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.