10 de Ouros

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Bom dia! :-)

Existe algo de mágico na realidade... E existe algo de real na magia. Mas por que insistimos em diferenciar uma coisa da outra?

O que chamamos de realidade costuma ser formatado pela cultura vigente, algo como um treinamento, um condicionamento que nos impõe. Sem ele somos considerados à parte, marginais, inadequados. Mas com ele somos apenas mais um na multidão de robôs.

Mas por que estou escrevendo tudo isso?

Muito simples... O 10 de Ouros é um Arcano que costuma falar de segurança, conforto e estrutura. Eu AMO essas três coisas, mas sei que se não soubermos lidar com isso da forma correta ou se exagerarmos na dose, essas coisas tão gostosas podem se tornar nossas inimigas.

Hoje, quarta-feira de Mercúrio, temos o nosso foco na comunicação e na auto expressão.  Um 10 de Ouros mostra, claramente, a importância de sermos objetivo em nosso discurso. Mas isso não é tudo! Temos que desenvolver um discurso claro, objetivo, concreto e que passe segurança.

Isso me faz lembrar de uma aula da faculdade em que éramos chamados a ir lá na frente falar, durante três minutos, sobre um tema escolhido pelo professor. Um tema sobre o qual não tínhamos a menor informação anterior... Mas era este o desafio! Falar sobre algo que se desconhece durante três minutos. Nunca mais me esqueci de tal experiência... E, conforme os anos foram passando, percebi que no jornalismo fazemos isto o tempo todo: falamos sobre o que não sabemos...rs No tarot também! Às vezes eu me assusto, depois de falar um monte de coisas (que eu nem imagino de onde vieram, simplesmente, a partir de um grupo de cartas, foram fluindo da minha percepção), as pessoas falam/escrevem "caramba! Mas você descreveu exatamente o que anda acontecendo comigo!" Pois é... Continuo falando sobre coisas que desconheço... e com a maior coerência! rs ;-)

Assim é o 10 de Ouros: ele tem a maior segurança, estrutura... Ele passa firmeza! Ao mesmo tempo, isso não quer dizer que ele apenas repete condicionamentos... Não! Nós podemos trazer para a realidade afirmações que, a princípio, podem parecer fictícias, mas que através da nossa própria fala começam a plasmar nesta realidade. E o que é, afinal, realidade, senão algo que aqui se manifesta?

Então, o desafio e, ao mesmo tempo, a grande magia hoje é, através da palavra firme e segura, fazer um pouco mais real aquilo que está dentro de nós. Quem topa o desafio? Eu já até sei o que vou materializar! ;-)

Ótima quarta-feira para todos nós!

A imagem veio daqui

3 comentários:

Fernando Augusto disse...

Estava lendo o excelente texto da Sócia e me lembrei de uma frase do caminho do guerreiro, ei-la:

Um guerreiro age como se soubesse o que está fazendo quando, na verdade, não sabe nada.

Buscamos segurança, abrigo e refúgio, mas isto tudo é uma ilusão, é relativo. Se há algo de seguro e firme que devemos buscar não devemos assentar tal coisa na ilusão ou naquilo que inevitavelmente irá um dia desaparecer.

Para onde direcionamos a nossa felicidade é para onde direcionamos a nossa infelicidade quando os fundamentos são relativos.

Certamente a nossa felicidade e segurança não se assentam em bens e propriedades, pois estas estão sujeitas à flutuação do tempo.

Então onde podemos fundamentar a nossa segurança e felicidade?

Onde podemos firmar a nossa casa na rocha usando uma metáfora bíblica?

Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; Mateus 7:24
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. Mateus 7:25
Pelo texto bíblico vemos que a verdadeira segurança se estabelece quando o nosso discurso é coerente com a prática. Isto certamente passa segurança para os outros, confiabilidade, firmeza e aumenta o nosso poder pessoal. Isto também pode ser chamado de impecabilidade com a palavra, a coerência entre o falar e o agir que vemos no primeiro compromisso exposto pelo xamã tolteca Don Miguel Ruiz. Este é o compromisso mais importante e o mais difícil de cumprir. Mas é isto que permitirá aprendermos a lição do 10 de ouros e se formos impecáveis em palavras e atos a oportunidade de um ganho no campo material como uma oportunidade oferecida por este 10 de ouros tende a se consolidar, mas a depender justamente de nossa impecabilidade em atos e palavras, por isto é que se diz que a sorte é o encontro entre a oportunidade e a preparação.

E como estamos em dia de Mercúrio deixo aqui parte do texto de Don Miguel Ruiz sobre o primeiro compromisso, o uso impecável da palavra:

arece simples, mas é extremamente poderoso. Por que sua palavra? A palavra é o poder que você tem de criar. Sua palavra é o dom que vem diretamente de Deus. O Livro do Gênesis, na Bíblia, falando da criação do universo, diz: No início havia o Verbo, e o Verbo era com Deus, e o Verbo era Deus". Mediante a palavra você expressa seu poder criativo. É por meio da palavra que você manifesta tudo. Independentemente de qual língua você fale, sua intenção se manifesta por intermédio da palavra. O que você sonha,o que você sente e o que você realmente é será manifestado mediante a palavra.

A palavra não é apenas um som ou um símbolo escrito.

A palavra é força; é o poder que você possui de expressar-se e comunicar-se, de pensar, e, portanto, de criar os eventos em sua vida.

Você pode falar. Que outro animal no planeta pode falar?

A palavra é a mais poderosa ferramenta que você possui como ser humano;

é a ferramenta da magia.

Porém, como uma espada de dois gumes, sua palavra pode criar o sonho mais belo ou destruir tudo ao seu redor.

Uma das lâminas é o mau uso da palavra, que cria um verdadeiro inferno.

A outra lâmina é a impecabilidade da palavra, que apenas cria beleza, amor e o céu na Terra.

Dependendo de como é usada, a palavra pode libertar você ou pode escravizá-lo mais do que imagina.

Leia mais em http://pistasdocaminho.blogspot.com.br/2011/08/os-seres-humanos-usam-palavra-como.html

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.

Ana Chaves disse...

Peço licença para publicar o Seu comentário sobre o arcano desta quarta-feira no meu facebook.
Uma excelente reflexão sobre o uso da palavra. Grata!

Fernando Augusto disse...

Há um erro de construção num parágrafo do texto, Ana.

Eis a correção:

Mas é isto que permitirá aprendermos a lição do 10 de ouros e se formos impecáveis em palavras e atos a oportunidade de um ganho no campo material oferecida por este 10 de ouros tende a se consolidar, mas a depender justamente de nossa impecabilidade em atos e palavras, por isto é que se diz que a sorte é o encontro entre a oportunidade e a preparação.