5 de Copas

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Bom dia! :-)

Ainda estamos em ciclo de Temperança, mas agora, neste começo de semana, vamos precisar de todo o equilíbrio transmutador da Temperança voltado para a cura emocional. Sim, o 5 de Copas é um Arcano que clama, pede de forma enfática para lidarmos com tais decepções de forma mais tranquila.

De todos os Arcanos Menores, o 5 de Copas foi um dos mais difíceis para mim. Muito complicado este negócio de as pessoas agirem comigo, muitas vezes, de forma tão desigual. Muito desafiador tratar bem alguém que me decepciona, trai, ofende... Ufa! Mas devagarinho consegui algumas transmutações... Impressionantemente mágicas!

A segunda-feira já combina com o conceito de magia. Sim! A segunda-feira é regida pela Lua, um dia em que costumo orientar a atenção para a magia e a espiritualidade. Temos algumas pistas aí...

Em primeiro lugar, temos como dica o trabalho espiritual que deve ser feito para limpar mágoas, ressentimentos... Em uma reflexão recente, fiquei besta comigo mesma (eu que me considero bem tranquila neste aspecto) como conservava alguns ressentimentos dentro de mim. Situações que aconteceram há mais de uma ou duas décadas! Muito tempo para ficar guardando lixo emocional dentro de mim. Imediatamente comecei a fazer Ho'oponopono... Às vezes não é nada de tão intenso e por isso mesmo não nos damos conta que sentimos aquilo, mas está lá... intoxicando as nossas emoções.

Outra questão importante é a vigilância em relação ao que falamos sobre os outros. Sim, isso também está incluído no pacote do 5 de Copas. Novamente, dou o meu próprio exemplo. Não gosto e nunca gostei de falar coisas ruins sobre as pessoas... Vejam... Não estou falando de uma crítica séria e respeitosa (porque isso eu faço...), mas daquele deboche, aquela forma que não critica mas desmerece.  Pois bem... Tenho sido ainda mais rigorosa na análise do que eu falo dos outros. Minha meta é: se não posso falar algo de bom, não abro a boca. Acho que é uma boa orientação.

Vamos encarar a segunda-feira da melhor maneira possível e sublimando qualquer ameaça de 5 de Copas que possa surgir. Sigam-me os bons, porque ser bom dá trabalho, mas é só pra quem pode e não pra quem quer...rs

A imagem veio daqui


Rainha de Paus

domingo, 17 de junho de 2018

Bom dia! :-)

O primeiro passo no ciclo de Temperança passa por esta energia de Rainha de Paus: ela é forte, quente, determinada, criativa e comunicativa. Ela é demais!

Sempre achei fascinante este poder da Rainha de Paus, é algo ousado e desafiador se pensarmos na estrutura de pensamento e hábito em que vivemos. Ela é forte demais para uma mulher, ela é corajosa demais para uma mulher, ela é confiante demais para uma mulher. Que triste ainda fazer esta observação... E mais triste ainda esta observação ser uma realidade na prática.

Para falar um pouco do desafio da Rainha de Paus e da realidade prática da mulher, é preciso compreender que a realidade é aquilo que julgamos como real. Sim! É claro que alguém pode afirmar: quer dizer que se eu acreditar que posso voar, imediatamente poderei sair voando por aí? Sim, em tese é isso... Mas, percebam, ninguém acredita de verdade que pode voar.

Há um bom tempo que ouvimos a expressão "transformar crenças", mas poucos são aqueles que conseguem, de fato, conquistar esta capacidade. As crenças mais fortes e sólidas estão em nosso inconsciente, esta parte inacessível de nós... Uma coisa é falar, pensar, teimar, reafirmar que quer ou acredita em determinada coisa. Mas o que está dominando o seu inconsciente é o que determina a sua vida, o seu destino.

Absorver a Rainha de Paus é  transformar crenças, é não se ver limitada pelo fato de ser mulher ou se permitir sentir mesmo sendo homem. É sempre bom lembrar que o elemento Fogo, regente do naipe de Paus, tanto é o impulso, a ousadia e a determinação, quanto a centelha divina e toda a conexão com a espiritualidade.

Então, em um domingão regido pelo Sol, dia em que realizamos o trabalho interior e o desenvolvimento do autoconhecimento. A visita da Rainha de Paus é muito bem vinda! Porque ela expressa esta vontade incansável de se transformar em direção à evolução espiritual, bem como toda a força, coragem e vigor para tomar as melhores decisões, assumir um papel de destaque e/ou liderança em algum setor da vida. Esta Rainha abraça seus dons, talentos e habilidades e se lança na aventura de viver em plenitude. Sigamos seu exemplo!

Ótimo domingo de empoderamento para todos nós!

A imagem veio daqui

A Temperança

sábado, 16 de junho de 2018

Bom dia! :-)

Mudamos de ciclo e mudamos de tom. Depois de vivenciar os exageros do Mundo nos deparamos com o equilíbrio da Temperança. Neste aspecto, estes dois Arcanos são bem antagônicos... Em outros não. Ambos possuem um direcionamento construtivo, benéfico, harmonioso.

Já contei por aqui minha história com a Temperança, mas acho que vale a pena ler de novo! Porque é um dos fatos mais marcantes na minha relação com o tarot.

Quando comecei a estudar tarot, há mais de 30 anos, antipatizei com uma carta que todos gostavam: a Temperança. Eu olhava pra ela e via uma criatura enjoada me pedindo calma e paciência, enquanto eu, com aquela minha ansiedade jovial, pensava: "calma o que? Paciência o que? Tenho pressa de tudo!" Os anos passaram e carreguei comigo a birra da Temperança... E o mais irônico é que muitos colegas tarólogos me associavam a este Arcano. Certa vez, em uma saudosa lista de discussão, um amigo pegou fotos de várias pessoas e fez montagens com diversas imagens de Arcanos. Adivinhem a qual Arcano eu fui associada? Sim, sim... Temperança! Inclusive porque naquela época eu estava em plena batalha, no Cidadania pelas Águas, em defesa das águas minerais de São Lourenço. Depois disso, fui me resolvendo com a Temperança, fui trabalhando a nossa relação...rs Até que uma amiga, há uns dois anos, fez uma análise em que identificou como sendo o meu Arcano Pessoal a Temperança e tudo que ela passou para mim, em termos de informações sobre a técnica e os encaixes de interpretação, combinaram de forma tão assustadora que nem tive como questionar! Sim, eu sou uma Temperança!

Então, neste sábado cinzento, aparentemente estranho e chuvoso, convido todos vocês a absorverem a energia deste Arcano que, ao contrário do meu pensamento inicial, não fala somente de calma e paciência, mas estimula a profunda transformação interior, que somente a alquimia é capaz de possibilitar. A Temperança mostra um anjo jorrando água de um recipiente para outro... um símbolo universal da alquimia! E a pergunta mais importante é: o que estamos dispostos a transmutar?

Vejo todos os dias pessoas reclamando da vida, querendo mudanças, mas sem a menor disposição de mudar dentro. Querem que o mundo em volta se transforme sem que elas precisem mexer nem o dedo mindinho do pé. Não rola, né, gente? Então, hoje a Temperança está aqui para nos alertar para a necessidade de mudar dentro toda vez que queremos a mudança fora.

Que o sábado seja alquímico!

A imagem veio daqui

6 de Espadas

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Bom dia! :-)

Ele voltou... O 6 de Espadas voltou novamente, tal qual o boêmio...rs Olho em volta e entendo, não só com a mente, mas com todos os sentidos, percepções e poros, que algo está em processo de transformação, estou transitando entre fases ou entremundos.

A chuva que vejo através da janela traz a sensação de que estou em um barco, cercada de água, rumando em direção ao desconhecido. Já não sou mais quem eu era, não consigo mais perceber a realidade como antes, mas ainda não consigo enxergar claramente o que vem pela frente, ainda não compreendi o que vem por aí de novidade em minha vida, mas que vem, vem...

Não me lembro de me encaixar tão perfeitamente na interpretação de um Arcano do dia já tem um tempinho... Como digo sempre, quando o Via Tarot começou, há quase 11 anos, ele era o meu diário pessoal somente. Tirava uma carta por dia e fazia as conexões com minha vida, minhas questões. O tempo foi passando e fui percebendo quantas pessoas me procuravam, dizendo que estavam vivendo situações semelhantes. Com o tempo, criou-se a egrégora e o Via Tarot deixou de ser um reflexo da minha vida e passou a ser o reflexo desta egrégora, ora expressando momentos de alguns, ora expressando momentos de outros. Mas é sempre interessante notar que ele representa um tipo de média energética da família Via Tarot.

Isto quer dizer que estamos, de um modo geral, envoltos em um processo de transição. Tem algo acontecendo no subsolo da nossa vida que ainda não conseguimos detectar com total precisão. Eu tenho colocado isto muito na conta das Barras de Access, técnica que me abriu a mente, não para algo que eu não soubesse, mas para a capacidade de manusear este algo que eu já conhecia, obtendo resultados práticos, concretos. Creio que esta prática esteja acenando para mim com várias mudanças pela frente. E eu, sempre tão resistente às mudanças, estou me entregando, tal qual a donzela ao príncipe que chega cheio de decisão e paixão... Não discuto, mesmo que não entenda exatamente o que acontece, apenas me deixo ser conduzida por esta força mágica e linda da transformação.

E este é o melhor conselho que posso dar para vocês nesta sexta-feira de Vênus, em que o 6 de Espadas nos visita: permitam-se! Deixem que o barco leve vocês rumo ao desconhecido! Chega um momento em que a vida clama por transformações, não sejam as criaturas chatas que impedem isso...rs ;-)

Uma sexta-feira mágica para todos nós!

A imagem veio daqui


Princesa de Paus

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Bom dia! :-)

Se o 6 de Espadas é a transição, saímos do 7 de Copas e chegamos na Princesa de Paus, concordam comigo? A Princesa de Paus é uma queridinha! Criativa, entusiasmada, comunicativa e apaixonada pela vida! Sempre que ela nos visita, traz aquele calorzinho gostoso para a nossa vida.

Então, só para começo de conversa, vamos dar boas vindas para a herdeira do Reino do Fogo. E vamos aproveitar cada minuto deste dia para vibrar esta energia... Dar bom dia ao dia e a todos que surgirem pelo caminho, sorrir, conversar de forma leve e alegre, abrir espaço para as boas ideias e para o impulso de realização.

A quinta-feira é regida pelo Grande Benéfico Júpiter, então a melhor orientação que podemos seguir é abraçar a energia da Princesa de Paus como o nosso mais precioso poder pessoal.

Outra boa sugestão é usar a criatividade e a capacidade de realizar uma boa comunicação para se relacionar com autoridades, chefes, pessoas que expressam algum nível de poder. Vamos respirar com tranquilidade, vamos sentir nosso corpo vibrando, vamos sentir o poder pessoal nascendo e crescendo dentro de nós. Somos incríveis!!! Mesmo que às vezes esqueçamos disso... A Princesa de Paus está aqui para nos lembrar!

Que a quinta seja preciosa!

A imagem veio daqui

6 de Espadas

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Bom dia! :-)

Depois de tantos caminhos e opções, um certo risco de ilusão, chegamos no processo de transição do 6 de Espadas. Quando ela aparece, costuma abrir espaço para repensar e refletir, já que enquanto não chegamos ao destino final, temos muito tempo para isso.

Aliás, este é um ótimo conselho! Quando o 6 de Espadas aparecer na sua vida, aproveite todo o potencial mental das Espadas (do elemento Ar) para pensar, estudar, pesquisar, se informar... Bem melhor do que usar a mente para pensar coisas negativas ou se preocupar.

Existem perguntinhas que devemos fazer aqui, para aguçar a percepção deste momento: o que em mim despertou a necessidade de mudança? Como posso agir para facilitar as transformações que estão por vir? Que tipo de aprendizado mais interessante posso desenvolver nesta fase, em que não estou nem ali e nem lá?

Não sei se vocês estão percebendo por aí, mas eu aqui estou sentindo esta fase de transição através dos sonhos. Tenho sonhado muito com pessoas e lugares do meu passado, em situações que parecem impossíveis! É como se fosse um jogo em que se lança possibilidades que não aconteceram para ver como seria... Algumas vezes, acordo rindo, porque é inusitado demais! rs

Antigamente, eu detestava transições... Atualmente, tenho a sensação de que vivo em transição, como se estivesse me reinventando todos os dias, em um eterno processo de recriação. Tenho dificuldade de me situar em um ponto definitivo, algo como "esta sou eu!", porque parece que estou permanentemente me construindo e reconstruindo.

A quarta-feira é de Mercúrio, portanto, vamos usar a energia do 6 de Espadas para a comunicação. A única maneira que eu penso ser possível fazer isso é levando informações de um lugar para o outro. Sim! Isto tem a cara do 6 de Espadas! Sejamos como mensageiros, jornalistas, arautos... Vamos fazer circular as notícias! rs

Que a quarta seja transformadora!

A imagem veio daqui

7 de Copas

terça-feira, 12 de junho de 2018

Bom dia! :-)

Bem, cá estou eu em um Dia dos Namorados fazendo papel de desagradável...rs Tudo isso graças ao tarot, este instrumento de autoconhecimento fantástico que norteia minhas percepções diárias. Como costumo dizer sempre, enxergar a realidade não é para os fracos! Esses preferem se iludir... E é sobre a ilusão que vamos conversar...

O 7 de Copas é um Arcano que levanta um questionamento muito importante: até que ponto você está intuindo ou está se iludindo? Quando esta carta aparece, é comum estarmos diante de situações duvidosas ou diante de uma gama imensa de possibilidades, o que acaba gerando confusão.

A imagem ao lado mostra um outro aspecto do 7 de Copas: a projeção! Narciso se olhando no espelho das águas, não sabe de si e por não se saber, se procura nos outros.

Vamos trazer tudo isso para o Dia dos Namorados?

Vamos usar o método das perguntinhas para tentar entender melhor nossos processos interiores: quais são as ilusões que criei em relação ao que seria o relacionamento afetivo que procuro? O quanto estou me iludindo em relação ao relacionamento afetivo que estou vivendo ou em relação à pessoa com quem me relaciono? O que não quero enxergar na forma como eu me relaciono? Quais medos ou fantasias eu criei em relação ao amor?

Existem alguns clássicos como a esperança de que o outro mude e por conta disso se mantém um relacionamento. Mas o outro não muda e a frustração cresce. Ou ainda a expectativa de que o outro supra todas as suas necessidades ou traga felicidade. Outra furada também...rs

Alguém pode me perguntar: então você deixou de acreditar no amor, Cacau? Não... A questão não é essa... Eu acredito no amor! Só que o amor que eu acredito é diferente do amor que a maioria das pessoas busca. O amor deve existir e vibrar dentro de cada um e sem um "alvo" específico. Ou melhor, o alvo pode existir, mas não deve ser ele o responsável pela existência do amor. Digo mais... Existem pessoas que amamos uma vida inteira sem que haja namoro, romance ou sexo. Já com outras até nos relacionamos, mas elas não são capazes de trazer magia e transformação. Um outro detalhe importante também é saber o tempo de deixar ir... Somos muito apegados! E quem entende bastante de espiritualidade sabe que algumas pessoas surgem na nossa vida somente para gerar uma mudança ou para despertar nossa percepção em relação a algo. Quando a "missão" está cumprida, cada um pode seguir seu caminho e é preciso deixar ir...

Confesso que algo mudou dentro de mim e que o fator dramático das relações me incomoda bastante. Incomoda tanto que já me peguei algumas vezes me perguntando "mas por que eu comecei isso?". Pessoas se encontram, vivenciam situações durante um tempo e seguem em frente. Esta mobilidade é saudável! Especialmente se você não está na fase de ter filhos (porque, sim, sou careta e acho que os filhos devem nascer e crescer em uma estrutura familiar).

Mas isso tudo que falei só se aplica se você não é uma dessas criaturas sortudas, que encontra o que chamam por aí de "alma gêmea" ou "par perfeito". Sim, isto existe! Conheci alguns casais que conseguiram! Não que a relação não dê trabalho, não que nunca haja briga ou discussão... Mas existe um amor tão incrível, profundo, transcendente, é tão importante estar perto daquela pessoa que todo o resto fica muito insignificante. Parabéns sinceros às pessoas que conseguem vivenciar isso em sua existência! Enquanto isso, nós, simples mortais que não encontraram almas gêmeas, continuamos aqui... Batalhando nossos conflitos interiores, amorosos, nossas relações... Sem amargura, sem sofrência, sem ressentimento... Porque nesta vida tudo é aprendizado e tudo deve ser celebrado, com gratidão e alegria! Este é um outro passo importante no amadurecimento do ser humano: a vida não é um parque de diversões e Deus não é a sua avó, que faz tudo que você quer...rsrs

Portanto, nesta terça de Marte, o cara que também manda nas paixões, com 7 de Copas e Dia dos Namorados de quebra, permita-se viver! Permita-se amar! Estando com ou sem alguém! Porque o amor é tão completo em si que é capaz de existir sozinho, sem depender de um objeto de desejo.

A imagem veio daqui