A Força

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Bom dia! :-)

Às vezes, eu fico impressionada com o nosso olhar em relação a certos Arcanos. Quando eu vi que a Força veio nos visitar, pensei na mesma hora que ela havia aparecido por aqui há pouco tempo e que a memória me dizia que tinha sido também em uma quarta-feira.

Fui lá fuxicar nos arquivos... Pensando que isso tinha acontecido recentemente, mas foi na quarta-feira dia 27 de março, ou seja, há 21 dias atrás. Mas o impacto da Força em mim é sempre grande, não sei se é a ligação que sempre fazemos com o signo de Leão ou outra coisa, só sei que a presença desta carta me traz, além de energia, um certo aconchego.

Por isso escolhi esta imagem em particular. Além do Gaian ser um tarot maravilhoso, em todos os Arcanos e em todos os aspectos, esta Força traz uma mansidão e um acolhimento muito fortes. Quando o mais comum é vermos uma Força mais intensa, caliente e explosiva.

Vamos refletir um pouco sobre o fato de que a Força apareceu por aqui até agora, em 2013, duas vezes e as duas vezes isso aconteceu em uma quarta-feira. Entendo o recado da seguinte maneira: tenhamos diplomacia com as palavras, mas ao mesmo tempo é preciso impregná-las com a força, a energia, para que elas, efetivamente, sejam o veículo da manifestação... no princípio era o Verbo...

Imantar de força uma palavra, claro, não quer dizer usá-la de maneira agressiva. É preciso crer no que se fala. Isso dá a força, dá o peso às palavras. Por isso que hoje, uma quarta-feira regida por Mercúrio, o tema para reflexão é: em que momento meu poder se revela em palavras? Quando falo sobre qual assunto? Quando expresso quais desejos ou receios? 

Um dos maiores cuidados que devemos ter é o de colocar poder nas palavras positivas, pois alimentar de poder as palavras negativas não é, definitivamente, uma atitude inteligente...rs

Para acompanhar todas estas reflexões, vou postar aqui um filme que não canso de assistir! Degustem...

Uma ótima quarta-feira para todos nós!

A imagem veio daqui


Um comentário:

Fernando Augusto disse...

Bom dia, Via!

Vou surfar no texto da Sócia e perguntar:

Qual a diferença entre o poder da palavra e a palavra de poder?

A palavra pode ser usada de forma inteligente revelando o seu poder, tornando-se persuasiva, mas outra coisa é juntar o falar e o fazer transformando assim a palavra em poder.

Ser impecável com a palavra, honrar a palavra, cumprir a promessa, pois este cumprimento nos dá um poder que pode ser considerado divino, pois é Deus aquele que fazendo da palavra e da ação um, cria todo o Universo. Realizando a união da palavra e do ato podemos compreender estas frases de João:

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus.

Eis aí a verdadeira Força.

É isso.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.