9 de Copas

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Bom dia! :-)

Em tese, o 9 de Copas, carta que fala de satisfação dos desejos, alegrias, prazeres, realizações, não tem muita conexão com a segunda-feira, dia da preguiça e do retorno ao trabalho, mas se esta belezinha apareceu por aqui, alguma razão tem que ter, né?

Pois bem, como há tempos eu já descobri, o Arcano do dia começa a trazer seus efeitos para mim a partir da noite do dia anterior. Algumas vezes mais, outras menos, mas desta vez, em especial, funcionou direito! rs Eu comecei a vivenciar meu 9 de Copas ontem de noite.

A vida é algo muito lindo. O tempo passa e a gente tem a oportunidade de perceber e aprender coisas incríveis. Se quando eu era mais novinha, curtia as intensidades - paixões loucas, emoções fortes, situações desafiadoras, discussões acaloradas - hoje, me apetece bem mais o que costumo chamar de alegria calma, um tipo de caminho do meio budista, sabe? A alegria calma é aquele estado de contemplação, aquela sensação de que tudo faz sentido mesmo que a gente não esteja entendendo, é quando somos tomados por uma paz profunda e um sentimento de gratidão sem fim.

Atualmente, o meu 9 de Copas, ou seja, o que eu realmente desejo é que meus dias sejam um fluir tranquilo, em que eu possa realizar tudo que preciso e quero realizar, sem conflitos, sem crises. Já cheguei à conclusão de que o mais importante nem é o que a gente faz, mas como a gente faz. Um dia de trabalho cheio de burocracia como o meu, pode se transformar em um dia de trabalho tranquilo, em que as coisas acontecem e se resolvem praticamente por conta própria, pode ter espaço para o riso e a conversa com colegas de trabalho, pode ter a possibilidade de ajudar algum aluno ou mãe de aluno, além da realização de ver o arquivo organizadinho (lembrem-se dos meus três planetinhas em Virgem..rsrs)

Mas eu quero falar algo especial sobre o 9 de Copas em um dia de regência lunar, como a segunda-feira, dia de magia e espiritualidade.Tem a ver com o saber pedir... Existem algumas pessoas (eu!rs) que não sabem pedir. As razões para isso são várias, desde a pessoa achar que tem que se virar sozinha e não pode pedir algo para os outros, nem pra Deus, até não saber, ao certo, o que pedir. Vocês percebem o processo de complicar tudo?

Simplesmente vamos pedir! Vamos confiar que o que for justo, o que valer a pena, nos será dado .A fé é isto: confiar e entregar, sem questionar. Difícil, né? Eu bem sei...rs Mas creio que vale a pena tentar! Quem me acompanha? ;-)

Ótima segunda para todos nós...

A imagem veio daqui


2 comentários:

Nubia Souza disse...

Cauuuu.. Me espera.... To indo!☺️

Faz tempo que não deixo um comentário, mas é chover no molhado.
Claudia, quando criança acreditava(filmes rs) que em algum lugar tinha outra Nubia vivendo coisas iguais a mim.. E não é que tem? Mas o nome é Claudia!!! Todo posto seu, cada vivência sua, cada dica que você dá, sempre vão de encontro com o que penso, vivo é preciso!

Muito grata Sempre!

Beijossssssss

Cacau Gonçalves disse...

Oi, Núbia!
Saudade de vc, garota! :-)
beijo!