A Força

quarta-feira, 27 de março de 2013

Bom dia! :-)

Que gostosura, heim? Este ano esta cartinha ainda não havia nos visitado... Aliás, puxei pela memória e não conseguia me lembrar quando a vimos pela última vez. Fui pesquisar nos arquivos e descobri: a última vez em que ela apareceu por aqui foi em 30 de agosto de 2012! É muita coisa, gente!!!

Então já começo esta postagem me perguntando porque estamos vibrando tão pouco a energia da Força. Tenho cá algumas suspeitas sobre a parte que me cabe neste latifúndio...rs E convido todos vocês a fazerem o mesmo: vasculhem dentro de vocês a razão de não estarmos "puxando" essa energia para a nossa egrégora.

Bem, mas vamos falar desta belezinha! rs

A carta da Força possui, dentre as suas várias interpretações, um conceito que gostaria de trabalhar aqui, a importância do equilíbrio interior, a necessidade de manter a postura diplomática, sem que isso queira dizer passividade ou omissão.

Alguém pode perguntar: e o que isso tudo tem a ver com uma quarta-feira de Mercúrio, quando analisamos a comunicação? E eu respondo: muito simples! Estamos falando hoje de autoexpressão. Estamos falando de trabalhar a forma com a qual expressamos o que pensamos, sentimos ou - melhor ainda - somos. Então, é válido expressar o equilíbrio interior através de uma fala tranquila e ponderada e expressar os desejos de uma forma, igualmente harmoniosa.

A frase para reflexão é a seguinte: qual a diferença entre o que vive dentro de mim e o que eu expresso como sendo eu? Sentiram a profundidade? ;-)

Ontem, eu li um texto de um amigo no Facebook em que ele dizia que antes de tentar mudar algo em nós, precisamos saber e assumir quem somos, valorizar o que somos. Isso é uma grande realidade! Então, antes de termos esta forma diplomática para nos relacionar com as pessoas, precisamos saber o que está havendo dentro de nós. Nesse mergulho interior peço atenção especial a tudo que é intenso e visceral. Isso engloba as explosões de raiva, o pânico, o desejo, a sexualidade. Somente tendo consciência de como tudo isso funciona dentro de nós é que poderemos saber, exatamente, o que vamos expressar, como vamos interagir com os outros em relação a esses temas.

Para encerrar a postagem com a expressão máxima do equilíbrio, vou postar um vídeo que encontrei por acaso (estava procurando outra coisa, mas acabei achando esse...rs) e tem um astral e uma energia muito afinada com a energia da Força, mistura de ação com fluidez, força e delicadeza.

Ótima quarta para nós! :-)

A imagem veio daqui


4 comentários:

ᄊム尺goん disse...


"... a importância do equilíbrio interior, a necessidade de manter a postura diplomática, sem que isso queira dizer passividade ou omissão"

bingo!!!


(irei reler, ler e reler para o findi....)

beijo

LUZ AZUL disse...

Bom dia povo do via e força.
Depois de um tempao voltei e hoje estou aqui com a força a toda...
Salve o nosso anjo de guarda.
Sou filho do pai, o mundo é meu.
E te amo, sinto muito, eu te mao sou grata.
Muita luz azul a todos.

Fernando Augusto disse...

Bom dia, Via!

A carta da Força em dia de comunicação, como disse a Sócia, me fez visualizar um leão rugindo e me fez pensar que não precisamos "rugir" para afirmar a nossa presença no mundo, pois falar com firmeza e serenidade pode ser muito mais impactante que um grito ao revelar força interior e não o desespero do grito. O destempero não é sinal de força e sim de medo, de desequilíbro emocional. Saber domar a palavra e a língua é força verdadeira, impõe sobre si mesmo e sobre o outro uma autoridade inerente, persuasiva, que vence pela inteligência e pela suavidade.

"O homem que vence a outro não logra a real vitória, aquele que vence a si mesmo é que atinge a suprem glória."

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.

Cátia disse...

Tanto tempo assim?! Noooossaaaa
Eu hoje renovei a minha força :)
K_line