4 de Ouros

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Algumas coisas acontecem em seu ritmo, tempo e lugar de uma forma espetacular. O meu sábado correu totalmente leve, preguicento, fora do padrão Rei de Espadas e fora da expectativa 4 de Ouros. Até de noite! E foi justamente naquele horário em que o Arcano do dia e o Arcano do dia seguinte começam a se misturar, que eu comecei a senti-los de verdade.

Uma das minhas amigas mais queridas e especiais me manda um whatsapp comunicando que aquilo que eu vi na mandala de aniversário que fiz pra ela estava se materializando. Eu tinha visto que um dinheiro em quantidade elevada, significativa, entraria e possibilitaria a resolução de uma série de questões materiais que, no momento, pareciam sem solução. E, como sempre, na hora em que vemos estas coisas não percebemos de onde elas vêm. Pois bem... O dinheiro veio! Ela vai poder comprar seu carro, dar uma reforma boa na casa e ainda guardar um troco. Fiquei tão feliz! Duplamente feliz: primeiro, porque ela merece... Mesmo! Segundo, porque eu consegui enxergar isso, de alguma forma, cinco meses antes.

Olhei para esta situação e vi o 4 de Ouros concretizando, dando estabilidade, estrutura, segurança material de uma forma justa, equilibrada e através do empenho de um advogado (Rei de Espadas). Me pareceu tão perfeitinho, que não poderia deixar de relatar isso por aqui. :-)

Pois bem... Então vamos falar de um 4 de Ouros em um domingo regido pelo Sol. O olhar é para o Eu, nossa essência maior, e existem aqui três aspectos diferentes que podem ser abordados: 1) o alerta para que não estejamos apegados demais a algumas facetas superficiais do nosso eu (o com "e" minúsculo), deixando de enxergar em profundidade o que o nosso Eu pretende realizar; 2) a análise sobre o que construímos até hoje em termos de trabalho interior, onde chegamos desde que começamos a olhar para nós mesmos como um ser em construção; 3) qual a manifestação física e concreta que está pedindo para vir à tona a partir da nossa essência, ou seja, o que nos somos em essência que ainda nao manifestamos concretamente na vida?

Hoje, o dia pede reflexões profundas entre o lado mais sutil e o lado mais concreto do nosso ser. E, creio, isso acabe rendendo uma pequena vídeo postagem até de noite. Vamos ver se o 4 de Ouros ajuda a concretizar isso. Quanto às sugestões dadas até agora, já anotei todas elas e venho pensando nos novos temas para gravar, agradeço, novamente, a todos que deram a sua contribuição. Aproveito a carona para avisar (já que hoje é dia de energia bem prática e objetiva) que a agenda para esta semana que começa já está fechada e que ainda tenho uma vaga para consulta, ainda com o valor antigo, na segunda-feira, dia 29/02. A partir de terça-feira, dia 1º de Março os horários disponíveis estarão com novo valor de consulta, depois de mais de um ano sem reajuste.

Ótimo domingo para todos nós!

A imagem veio daqui

Um comentário:

Camila R. disse...

Oi Cacau!
Na hora em que li sobre "o sábado fora do padrão com o Rei de Espadas" me deu um clique aqui. O que me veio foi a ideia de que o Rei de Espadas veio para nos tirar de um padrão, ainda mais tratando-se de um dia com a regência de Saturno, o astro que simboliza também o passado...
Estive ontem numa constelação astrológica em que o elemento ar, o reino de espadas, predominava. Então, quando vejo agora o 4 de Ouros, o que me vem é uma sensação de conforto, de que internamente as coisas entraram nos eixos depois de um padrão ter sido removido de forma consciente.
Adorando muito tudo isso! :)

Beijos,

Camila