O Enforcado

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Bom dia! :-)

Cada dia mais me surpreendo com o encontro da imagem perfeita para o momento vivido. Hoje, não tenho aqui somente um pendurado, imobilizado, limitado, preso... tenho também uma bifurcação (na árvore). Ou seja temos uma situação de encruzilhada e além disso também temos nossa liberdade restrita.

Que beleza, heim? Como diz meu amigo Manu: parabéns pra você! rs

Eu que já tinha meu trauma de Enforcado resolvido, tive uma recaída com este hoje...rs Mas ele está me estimulando a uma reflexão interessante: este é o Arcano da minha vida neste momento! Exatamente deste jeito eu estou! Eu posso dar um bico pro alto? Posso... Mas quais são os riscos? Vai valer a pena? Qual o preço a se pagar? Então, me mantenho presa, pendurada e tento rir daquilo que, na verdade, me faz chorar. E não estou falando somente do retorno para a prefeitura de São Lourenço.

Normalmente, é assim! Quando a gente pensa que é só um fato que está errado, de repente, percebe que tem muitas coisas a mais que contribuem para a sensação de "tem algo errado". É como se houvesse uma lei cósmica que diz que nada pode estar errado sozinho... Onde há desarmonia há companhia!

Então, começamos a remexer, mergulhar pra dentro, olhar em volta, relembrar, analisar, avaliar e de repente vem um verdadeiro susto! E a sensação de que parece que só fazemos escolhas erradas o tempo todo! Claro que esta sensação é ilusória... Resultante do momento em que vibra a energia do Enforcado. Mas que parece, parece...

Qual a melhor maneira de lidar com o Enforcado? Olha, eu recomendo deitar, dormir e pedir pra alguém só te acordar quando tudo estiver minimamente administrável. Mas há o risco de isso durar algumas semanas, meses, anos... Então, caso você tenha algum compromisso marcado ou precise trabalhar para se sustentar, é melhor encontrar outra solução...rs Outra opção é fingir que não está vendo. Está tudo de cabeça pra baixo? Você não para de se perguntar onde, exatamente, errou (se foi há três anos ou há 30!), então, vai passear! Chupa um picolé! Faz yoga (olha a posição invertida nos inspirando!) Aluga pacote de 10 filmes na locadora e passa o dia celebrando a sétima arte! Sei lá... algo assim... Ou liga o piloto automático, segura na mão de Deus e vai! (pro trabalho, pro serviço de casa, pro almoço, pro chuveiro) E vai vivendo assim, como se não houvesse amanhã.

Essa é a energia do Enforcado: você tem escolha, mas não pode escolher. Porque se dependesse do que realmente quer, estaria vivendo uma vida totalmente diferente! Então, você escolhe o que julga ser o certo, o lógico, o melhor diante do quadro apresentado, mas não é nem de longe o que você gostaria de poder escolher. É o que meu professor de filosofia dos tempos de escola dizia ser "a liberdade de escolher entre uma maçã verde e uma maçã podre". A liberdade de escolha há, mas as opções apresentadas não satisfazem.

Diante disso, meus queridos, não há nada que se possa fazer! É sério! Toda aquela história de livre arbítrio e "vamos lutar por nosso sonho" vai por água abaixo! Agora é esperar mudar a energia pra ver o que rola e se rola! Sei que isso que estou falando não é algo muito bonito de se ler, mas é o que tem pra hoje!

Enquanto isso, minha dica é manter o bom humor, mesmo que seja assim, sarcástico, que nem o meu está sendo...rs Porque pelo menos a gente diverte quem está em volta e olha só a gente colaborando para um mundo melhor! Eeeee! rsrsrsrs

Bem, pra não dizer que não falei das flores e que só fiquei vibrando uma bad trip por aqui, vou postar o vídeo com uma das músicas que mais amo na vida forever! rs Ok, isso não é algo para se colocar no currículo, mas é verdade! :-) Então, vamos aproveitar e vibrar a energia da liberdade pra ver se o Enforcado consegue se soltar daquelas cordas e nos leva para dar umas voltas por aí!

Ótimo sábado para todos nós, porque somos brasileiros e não desistimos nunca! :-)

A imagem veio daqui






2 comentários:

carol1282 disse...

Olá!!!!
Vc conseguiria ver o pendurado como realização, ainda que sem ação?

Eu já fiz um jogo perguntando sobre o desenrolar dos fatos e no resultado, essa carta me trouxe a reversão da situação para algo Q eu queria. E não fiz nada, mas fiquei esperando... E torcendo rsrsrs

Recentemente fiz um peladan e espero o desfecho.

Questionei se veria pessoalmente um familiar e veio na casa 1 morte e 7 de ouros.
Na 2 torre e 8 de espadas.
No caminho tive força e 4 de espadas e no resultado, pendurado e 10 de ouros.

Tão ruim interpretar pra mim e sei que vc tb não interpreta pros outros, mas gostaria de um pitaco, se possível :) há seis meses espero por esse encontro !!! Tem me consumido, deixado minha vida suspensa e sacrificante, literalmente :(

Bom... Eu vejo mudanças após pensamentos e meditação nas escolhas, e caminhos abertos, livres no presente, sem impedimentos para o encontro. Vejo o domínio e controle da situação (talvez eu convencendo a pessoa e ficando parada esperando?) resultando em reversão da situação atual .. E talvez o encontro acontecendo, Pq o dez de ouros, como vc já disse aqui, fala de construção/realização. Seria o resultado a colheita dos frutos após aguardar, com sacrifício, esse tempo todo??

Pode até ser adiado um pouco, mas não vi impedimento total ..

Acha que estou viajando e sendo muito positiva?? Por favor, me dê uma luz ?!

Muito muito Obrigada
Beijos :)

Cacau Gonçalves disse...

Olá, Carol!
Olha só... segui o seu processo de interpretação e concordei, sim, de um modo geral com o que vc falou. Particularmente, não gosto e nem uso o peladan, mas vamos analisar os pares independentemente do significado de cada casa:
Morte e 7 de Ouros - uma transformação que acontece através de um processo lento, que exige trabalho, mas que garante resultados (porém mais lentos do que o esperado)
Torre e 8 de Espadas - a necessidade de uma descontrução (cortes? rompimentos? quebras?) que traz dúvidas, uma sensação de não saber ao certo onde isso vai dar
Força e 4 de Espadas - a necessidade da diplomacia de calar ou pausar e tb a estratégia de desconsiderar conceitos, pensamentos e condicionamentos antigos, para que algo novo seja feito
Pendurado e 10 de Ouros - Acho que esta é a dupla mais difícil de se interpretar... O Pendurado fala de sacrifícios, pausas, limitações... o 10 de Ouros de construção, sim, mas tb de segurança, estabilide e...FAMÍLIA. Lembre-se que na maior parte dos tarots o 10 de Ouros aparece representado através de uma família reunida. Tb não vejo impossibilidade... Mas talvez demora, limitação (porque depende de outras pessoas, não só de vc), situações de desconforto. Enfim... olhando de um modo geral, eu diria: algo difícil, porém possível.
Estou torcendo por vc! ;-)
Beijo!