Rei de Copas

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Bom dia! :-)

Para falar sobre o Rei de Copas hoje, começo falando do Príncipe de Copas de ontem. Vocês sabem o que é maturidade? É quando aprendemos a lidar com certas situações de forma sensata. Isso inclui deixar de lado sentimentos e pensamentos próprios para o cumprimento de compromissos, obrigações, trabalhos; inclui superação de alguns bloqueios para alcançar um ponto mais acima. E tudo isso pode ser visto nesta passagem de Príncipe para Rei.

Estamos no mesmo naipe, mas agora temos um nível de maturidade maior. Os sentimentos existem, como antes, podem ser de alegria ou tristeza, mas serão melhor administrados para que se realize, concretize o que for melhor. Se o Príncipe é de rompantes, o Rei é a estabilidade. E esse é um aprendizado para todos nós.

Como estabilizar nossas emoções?

Dá até pra cantar aquela musiquinha: "depende de nóóósss..." :-) É isso aí, depende de nós equilibrar as emoções, manter a nossa estrutura interna e externa estabilizadas. Seja através da respiração, seja através de atividades físicas ou daquelas que conectam o físico com o energético, como a prática de yoga, por exemplo.

Claro que este Rei também pode ser a presença de um homem com tais características aparecendo para resolver algumas questões importantes, masss... Sem querer ser pessimista, não contem muito com isso. Às vezes, ficamos esperando que alguém surja, milagrosamente, para resolver algo em nossa vida e isso só serve para nos trazer frustrações e decepções. Na maioria das vezes, só podemos contar com nosso próprio suor, esforço e trabalho. Sinto ser eu a dar a notícia desagradável, viu? rs

O Rei de Copas também pode ser uma situação de expressão de amor profundo, envolvente, delicado e ao mesmo tempo maduro. Para quem tiver a sorte grande e o merecimento uma situação como essa pode ser deliciosamente colocada na sua quinta-feira. Coisa para poucos... VIP somente! ;-)

No mais, o grande conselho de hoje é sobre o amadurecimento emocional, aquele que, costumo dizer, é o mais difícil de ser alcançado. O amadurecimento mental é o mais simples e até mesmo o amadurecimento espiritual ainda é menos desafiador do que o emocional. E, claro, tem aquele que ninguém quer: o amadurecimento físico...rs Lembrando sempre que amadurecer não é tornar-se insensível, é lidar com todas as sensibilidades de forma equilibrada.

Ótima quinta para todos nós!

A imagem veio daqui

2 comentários:

Cátia disse...

1º parágrafo, aplica-se a euzinha. Este dia vai ser fazer para valer a energia do Rei de Copas mesmoooo.
K_line

Fernando Augusto disse...

Uma amizade sincera, uma sensibilidade que beira a mediunidade, uma emoção que beira o sublime, uma inteligência que passa pelo coração, uma liberação emocional onde o sentimento floresce inteiro, fazendo a vida valer pelos valores humanos e naturais, se tudo isto estiver dentro de nós encontraremos tudo isto fora de nós e assim o Rei de Copas virá, como já veio, nos visitar, basta olhar no espelho d'água da própria alma.

O rei, assim como o reino, como disse um senhor de copas chamado Jesus, está dentro de nós.

Perceber isto é a chave mágica para alcançar uma grande realização hoje mesmo, algo que alimentará profundamente o coração.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.