9 de Copas

domingo, 15 de setembro de 2013

Bom dia! :-)

Pessoas queridas, para quem não estava realizando muitos desejos até há poucos dias, vamos levar em conta que com esses dois 9 de Copas aparecendo por aqui em menos de uma semana, podemos dizer que a partir de agora muitos serão os desejos satisfeitos.

Alguém reclama? Não, né?

Esta imagem foi procurada com muito cuidado e quando me vi de frente com o rapaz meditando e com os seus chackras sendo ativados, pensei que não haveria imagem mais adequada para postar por aqui em um dia de 9 de Copas que seja também um domingo, de regência solar, em que o nosso foco é o EU, o mergulho interior.

Vivemos constantemente pensando, observando e interagindo com as pessoas, com as situações que nos cercam. E muito pouco tempo nos voltamos para nós mesmos. Gosto sempre de lembrar que damos atenção àquilo que realmente nos importa, àquilo ao qual damos real valor. Se não damos muita atenção a nós mesmos, pode ser sinal de que não nos damos lá muito valor.

Quais bênçãos podemos receber a partir do trabalho que desenvolvemos com as partes mais profundas do nosso eu? Esta imagem expressa bem isso! Cada taça é uma bênção! E o segredo para chegar lá é este alinhamento energético interno que alcançamos quando silenciamos, esvaziamos a mente e nos abrimos para novas possibilidades.

A proposta de hoje é esta: vamos buscar uns momentos de tranquilidade, ficar em um lugar mais reservado e permitir que este processo se realize. É muito simples: sentar, fechar os olhos, respirar longa e profundamente por pelo menos cinco vezes, esvaziar a mente e ficar muito receptiva a tudo que vier... especialmente percepções mais sutis, de sons, cheiros, sensações táteis.

Vamos lá? ;-)

Ótimo domingão para todos nós!

A imagem veio daqui


Um comentário:

Fernando Augusto disse...

Boa tarde, Via!

Imagine o que é felicidade para você.

Imagine. Sinta a felicidade. O que o faz feliz, o que o torna pleno, inteiro, completo?

Imagine crianças. Imagine você criança. Pleno, completo, transbordante de alegria e vida. A criança é um perfeito exemplo de felicidade, qualquer coisa a satisfaz quando ela ainda não foi garfada pela ideologia consumista imposta através da mídia.

Hoje, domingo, dias do Erês, da Ibeijada dentro da Umbanda (dia da semana). Dia do sol, dia ensolarado, tudo brilha, até a Lua que cresce no céu.

A felicidade deriva da inocência, da pureza.

Se olharmos para a nossa semana veremos ela marcada por Copas: 6 de copas, 7 de copas, Enamorados, 9 de copas, 2 de copas, 6 de ouros e 9 de copas.

Parece que o nosso coração renasce com a Primavera, trazendo a felicidade.

Um filósofo existencialista disse que estamos condenados a liberdade.

O destino parece ter nos condenado à felicidade, pelo menos esta semana.

A própria Criação Divina não é uma explosão, uma gargalhada, um êxtase incomensurável do Criador?

Surfemos nesta onda sem fim, netunianamente.

F.A.