A Lua

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Bom dia! :-)

Na segunda-feira, dia da semana regido pela Lua, a presença da Lua por aqui somente reforça o fato de que hoje será o momento perfeito para trabalhar a magia e a espiritualidade. Então, o que me cabe nesta história a não ser fazer o convite oficial: vamos?

Eu tenho vivido há quase um mês um processo muito mágico, praticamente inacreditável, que aos poucos vem trazendo paz, harmonia e alegria para a minha vida de um jeito que jamais poderia imaginar. Apesar de eu achar que as humanas criaturas são muito previsíveis, a vida certamente sabe surpreender! E se pensarmos que tudo que nos acontece precisa de uma permissão (normalmente inconsciente) da nossa parte, fica ainda mais engraçado imaginar que surpresas existem. Mas elas existem sim...rs

A palavra mágica deste meu momento é Estrela, mas como muitas delas fazem companhia à Lua no céu, creio que a vibração esteja em sintonia. É bom lembrar que a lua não tem luz própria. Ela tem a liberdade de dançar e receber luz de seu amado sol de diversas formas; são diversos olhares que ele lança, são ângulos diferentes que ela lhe mostra, sedutoramente. E quando ela precisa mergulhar em sua poderosa solitude feminina, ele a deixa imersa na escuridão, então a lua é plenamente lua, é plenamente mulher. Mas isso não dura muito tempo, porque o sol quer se entregar ao deleite de vê-la girar na dança que nunca termina e ela sorri crescente ao ver e usufruir da luz do seu amor.

A dança da lua com o sol é uma das maiores provas de amor que temos a oportunidade de presenciar. Eles nos mostram diariamente que é possível que os diferentes se amem, se respeitem e saibam o espaço que cada um ocupa. Porque, sim, o amor é uma dança. A mais sutil, misteriosa e sedutora das danças!

Eu diria que minha tendência para o dia de hoje seria recomendar as melhores poções de amor. Mas não sei se seria tão ousada assim...rs Afinal Lua não é Imperatriz, Lua não é Estrela, Lua não é 2 de Copas...rs Mas podemos aproveitar esta energia super direcionada para a magia e esta magia pode - quem sabe? - abrir os caminhos em direção ao amor para que ele possa acontecer naturalmente. Ou quem sabe mexer um pouquinho nos relógios, adiantando a realização de certas coisas?

A dica? Vocês sabem que eu gosto de coisas muito simples, né?

O quadrado vermelho: escrever o que se quer que aconteça no tempo presente e como se estivesse acontecendo no instante em que se escreve. Em seguida, cercar o que foi escrito com um quadrado desenhado com caneta vermelha. Colocar em um lugar em que possa ser visto com frequência.

Magia com nós - Pegue meio metro de um cordão vermelho, visualize o que deseja, em oito passos, ou seja, oito coisas que vão acontecer entre o momento em que faz o feitiço e o momento em que tudo acontece. A cada situação dê um nó no cordão como se prendesse a imagem ao nó. Após o oitavo nó, faça seu agradecimento por tudo ter acontecido de forma tão perfeita e harmônica mesmo que diferente do que você havia planejado. Entregue nas mãos da Divindade o processo. Guarde o cordão com nós em um lugar onde ninguém tenha acesso. Depois que tudo tiver acontecido, queime o cordão e entregue o pó ao vento no alto de uma montanha.

Bem, que a magia aconteça! ;-)

A imagem veio daqui

Um comentário:

Maria Clara disse...

BOM DIA.

MUITO BOM!!!

GRATIDÃO.