Para quem vive dizendo que não viemos para este mundo a passeio...

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Olá, pessoas queridas! :-)

Neste final de semana, andava pelas ruas atrás de resoluções para a minha casa e, observando que a cidade estava cheia de turistas, comecei a fazer algumas reflexões... Pensei em vir aqui escrever, mas este negócio de gravar vídeos anda facilitando muito a minha vida...rs Então vamos lá... De gravação! ;-)


7 comentários:

ROSANGELA disse...

Que genial!
Com esta visão de turista, a vida, com certeza, fica mais leve e divertida... livre desta neura de que se tem que estar sempre com um pesado fardo...um ar sisudo e um "chicote imaginário" a nos cobrar/punir...
Muito bom, Cláudia!

Larissa disse...

Cacau! Volta pro you tube!!!! O ultimo post funcionou tão bem!

Beijo!

Cacau Gonçalves disse...

Gracias, Rosangela! :-)

Larissa, postei depois lá... Neste link: https://www.youtube.com/watch?v=XfxtDQBMF9w&feature=youtu.be

;-)

beijos!

Arthemise disse...

Fantástico! Achava que era só eu (a louca) que anda por aí dando bom dia para as árvores e pássaros e olhando tudo como se fosse a primeira vez! kkkk
Vc fica linda nos vídeos, faça mais! Nós adoramos te ver/ouvir! bjs

Clara disse...

Bom Dia Claudia!!!
EXCELENTE!!!
Eu Adoro Viajar e se pudesse viveria desta Forma. Sempre Viajando. Eu, já tinha percebido este "ENCANTAMENTO" e sentido Claramente que da Metade da Viagem em diante, todos os meus Problemas haviam fica para trás, e que quando eu chegava no Lugar para onde ia, eu estava MUITO LEVE, e olhando a Vida com os Olhos de uma Criança. MUITO BOM este "TOQUE" que você está dando.
Grata.

Juliana disse...

Last but not least... rsrs

Cacau, sabe que, agora que estou morando em uma cidade que visitei (e com a qual me deslumbrei) pela primeira vez justamente como turista, sempre que posso, tento visitar novamente aqueles primeiros lugares que trouxeram essa emoção e deslumbramento da descoberta, para rememorar aquelas sensações e me lembrar novamente do por quê estou aqui, do caminho que percorri até chegar a esse momento e do significado dessa fase para mim. Por incrível que pareça, essa atitude me ajuda muito a passar pelos momentos de dificuldade ou pela tendência em cair no "preto e branco" depois que a gente passa muito tempo num lugar, como você descreveu.

Como paulistana incorrigível e apaixonada pela minha cidade natal (apesar de tudo, apesar de tudo... rs), eu procurava fazer isso por lá também, tentando achar os tesouros escondidos da cidade, a história e a alma que cada vez menos gente consegue ver. Mas é interessante fazer isso num lugar que a gente já conheceu como turista, com esses olhos de criança curiosa que você descreveu. Fica mais fácil de acessar essa energia e se renovar com ela. E como viajante apaixonada também (um bom balanceador pra minha alma satúrnica e disciplinada... rs), sempre achei que ao descobrir novos lugares a gente estabelece uma conexão preciosa com partes da gente mesmo que não tinha prestado muita atenção.

Que possamos cultivar isso todos os dias, afinal todo dia é um descobrimento e vai passar mesmo, mesmo que a gente esqueça e mesmo que a gente tenha que olhar muito pro relógio. :)
Adorei a reflexão!

Beijos,
Ju

Cacau Gonçalves disse...

Arthemise, somos todas loucas! Lindamente loucas! rs

Valeu, Clara! ;-)

Ju, ter este olhar atento para tudo é fundamental! Pelo menos para quem pretende viver uma vida "mais viva" ;-)

beijosss