Rei de Paus

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Bom dia! :-)

Enquanto a maioria das pessoas fica fascinada com o caráter adivinhatório do tarot, meu maior encantamento é com o que eu chamo de "suave dança das energias". É o que acontece quando olhamos para as cartas como se elas expressassem um caminho, o fluir das energias através dos dias, como acontece aqui no Via Tarot, com postagens diárias.

Ainda estamos trilhando um ciclo de Eremita. O que é interessante, levando-se em conta a quantidade fortes emoções que vivenciamos. Mas depois daquela energia tão leve, feminina e amorosa que tivemos ontem, hoje temos uma energia intensa, masculina e poderosa.

Percebem a dança? Vamos de um ponto a outro... E o mais incrível é que, no final, tudo é a mesma coisa! Parece confuso entender isso? Uso sempre a frase da minha mestra Regina para ilustrar o que quero dizer: o menos importante é a carta que sai. Ela falou isso em outro contexto, fazendo uma referência à questão da intuição. Mas aqui eu estou indo mais além... E é algo tão sutil e estranho, que sinto dificuldade de explicar. O mais próximo que chego é: a carta em si é menos importante do que o fluxo de alternância de energia das cartas. Este fluxo acaba criando uma outra coisa, acima e além das interpretações individuais.

É por isso que olho para este Rei de Paus de uma forma muito especial!

Se ontem o dia foi de celebração e gratidão, hoje o dia é de ação. Mais do que isso, hoje é um dia de mostrar o poder pessoal. Às vezes, acreditamos que ser humilde é algo bom e que ser humilde é não reconhecer o próprio talento. Mas isso não é verdade! A humildade é algo bem diferente disso. E reconhecer seus talentos é uma das mais incríveis formas de expressar a gratidão. Gratidão ao Universo por ter permitido que tal talento tenha se abrigado em nosso ser.

Um outro aspecto presente no Rei de Paus é a capacidade de se apaixonar pelo que faz, além de expressar a criatividade e a originalidade. Esta, então, é a proposta para o dia de hoje. O que vamos fazer de forma apaixonada e criativa? Alguém tem ideia? Bem, eu vou estruturar e começar a divulgar o que planejo há tempos! Curiosos? Então vamos lá...

Atendendo a pedidos, vou começar a trabalhar com aulas via skype, individuais e em pequenos grupos de três pessoas. A ideia é atender pessoas que já possuem alguma base de tarot. Nas aulas individuais, não haverá um programa fixo, as aulas serão preparadas de acordo com os temas que o aluno solicitar. Nas aulas em grupo, terei uma programação base e outra mais flexível, de acordo com os alunos. Interessados, por favor escrevam para cacau@viatarot.com.br (assunto: aula skype) informando nome completo, data de nascimento, cidade onde mora e quais horários de preferência: manhã, tarde ou noite. Assim, poderei enviar as devidas informações quando já estiver tudo estruturado.

Outra iniciativa já confirmada, que deverá funcionar a partir de setembro, no máximo, são os atendimentos e aulas presenciais no Rio de Janeiro. A ideia é ter horários de consulta previamente agendados e turmas fechadas com, no máximo, cinco alunos. Ainda estou em dúvida sobre a frequência das aulas, se semanais ou quinzenais, mas meu plano é descer ao Rio um dia por semana para realizar essas atividades.

As pessoas interessadas tanto em consultas presenciais quanto em aulas, por favor, escrevam para cacau@viatarot.com.br com as seguintes informações: nome completo, data de nascimento, telefone, bairro onde mora e no caso das aulas defina qual horário do dia prefere: manhã, tarde ou noite. No assunto do email, defina se o interesse é consulta presencial ou aula presencial (ou as duas coisas...rs)

Prontinho! Fiz o meu exercício de Rei de Paus! :-)

Ótima quinta-feira para todos!

A imagem veio daqui

Um comentário:

Fernando Augusto disse...

Bom dia, Via!

O Rei de Paus é o Senhor do Fogo, ele possui em si a ação e intuição, ele faz aquilo que precisa ser feito movido por algo além da razão, esfera mais sintonizada com o Senhor do Ar, o Rei de Espadas.

O Rei de Paus parece agir movido pela sorte, pois sua ação por vezes é tão rápida que não tem explicação, mas ele como Rei está amadurecido para saber encontrar a sorte e a oportunidade, aprendeu a ouvir a voz interior sem confundir-se com subjetividades, há uma clareza nesta chama que arde em sua mente e é refletida pelo olhar.

Ele não pensa duas vezes antes de agir, ele age duas vezes antes de pensar, mas não por precipitação e sim pela paixão do agir movido pelo espírito, pois é um rei espiritual, tangido pelo fogo como símbolo de nossa shakti interior ou poder pessoal.

Isto que alguns chamam de sorte ele chama de poder pessoal, forjado através de uma vida de luta, vivida como um guerreiro. Este Rei expressa bem esta idéia do caminho do guerreiro:

"O poder pessoal é algo que se sente, algo como ter sorte. Pode-se chamá-lo uma disposição. O poder pessoal é alguma coisa que se adquire por meio de uma vida inteira de luta" - Roda do Tempo, de Carlos Castaneda.

Encarnar este Rei ou encontrá-lo é encontrar uma paixão amadurecida pela vida, pela ação e pelo desafio.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.