10 de Copas

terça-feira, 8 de abril de 2014

Bom dia! :-)

Sim, é ele de novo! Qual a probabilidade de isso acontecer? (O mesmo Arcano se repetir no dia seguinte) Uma para setenta e oito.

Então, eu vou contar um pensamento aleatório que atingiu minha cabeça enquanto eu abria duas caixas de objetos de cozinha que tinham ficado para trás e o sócio trouxe ontem: "10 de Copas é uma tapioca com cream cheese de kefir bem temperado"! :-)

Realmente, fica delicioso! A tapioca é um amor antigo e o cream cheese de kefir uma nova descoberta que me encantou completamente, tanto pelo sabor quanto pelo conteúdo nutricional.

Mas o sentido maior de tudo isso é entender o que é o 10 de Copas. Ele é, ao mesmo tempo, algo encantador e que traz uma sensação de conforto. Ele não é uma paixão intensa ou um desejo transformador. Ele é calmo, é doce, é aconchegante... É uma mistura de algo que já se conhece com outro algo que traz um novo sabor à conhecida e prazerosa sensação.

É por isso que dizemos que o 10 de Copas é o casamento maduro. Porque ao mesmo tempo que traz novas percepções sobre o amor, o compromisso e o envolvimento, também tem como base a maturidade e a experiência adquirida em outros relacionamentos.

Eu confesso que gosto da intensidade da paixão, mas, por outro lado, não tenho mais muita paciência para chiliques e comportamentos imaturos. Também acredito que um relacionamento maduro não precisa ser chato, ao contrário, pode ser muito mais interessante, divertido, criativo, leve e - por que não? - prazeroso.

Ontem, a Flavinha, uma querida integrante da família Via Tarot, me deu uma dica bem legal de filme e que tem tudo a ver com a energia do 10 de Copas. O engraçado é que eu nem falei com ela isso na hora e hoje ela vai ler isso aqui...rs E esta será mais uma sincronicidade que anda se expressando para ela em relação ao Via Tarot.

Bem, o filme é este AQUI. Degustem!

E como a terça-feira é de Marte, a dica é agir de modo a que esta energia do 10 de Copas aconteça em nossas vidas. A maneira exata cada um faz a sua, mas o resultado final tem que ser este: amor em plenitude, amor em ação!

Ótima terça para todos nós!

A imagem veio daqui


5 comentários:

Cátia disse...

All we need is LOve
K_line

Larissa disse...

Cacau, ontem eu fiz do meu dia um inferno por conta de ter que lidar com umas burocras que eu achava que tinha resolvido... Me senti com uma segunda chance!!! Obrigada, um beijo a todos do Via.

Ps: como se faz cream cheese de kefir?

Hatortas Brasil disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hatortas Brasil disse...

Eita que surpresa boa! :)

Realmente Claudinha, ontem quando te falei do filme, nem me passou pela cabeça, mas realmente, é bem a energia do 10 de Copas!

Esta sincronicidade que está rolando aqui no Via está sendo fantástica. Sempre que vc joga o tarot pra mim e diz "presta atenção aos sinais!" eu fico logo nervosa, com medo de não perceber rsrsrs. Mas dessa vez realmente não há como!!
GRATIDÃO!!

Estou me sentindo importante agora!! rsrsrsrs

Beijos Via,
Flavinha

Fernando Augusto disse...

Você já é a felicidade que tanto busca – provérbio tântrico.

Não há nada mais estranho do que a felicidade, pois você pode senti-la sem o saber e tempos depois dizer: eu era feliz e não sabia. E mesmo agora você pode não percebê-la.

Dizem que isto de felicidade está escrito em chinês.

Qual a plenitude do sentimento? Felicidade?

Qual a realização suprema do sentir? Êxtase?

Qual o brinde perfeito? Saciedade?

O que é estar em seu próprio lugar, vivendo o momento, agarrando o instante e sorvendo tudo o que a vida tem para oferecer?

Levar o corpo a exaustão e descansar até a perfeita recuperação?

Ter a clareza que mostra tudo sob uma luz verdadeira?

A percepção mais aguda pode manter-se?

O sentimento mais pleno pode sustentar-se?

O ritmo e a vibração estão sempre num fluxo contínuo, num vir a ser e por trás de todos os acontecimentos o que se mantém?

Há uma resposta para todas estas perguntas?

Ou quando não há mais perguntas surge a única resposta, a verdade das coisas e dos seres?

O que é este sol que brilha a pino?

O que é esta chuva que inunda os campos?

Sentir o suór brilhante escorrendo pela pele dourada à beira mar enquanto sopra o vento.

Qual a força que sustenta toda esta magia do existir?

Quem pode definir? O que pode contê-la?

O que faz o Universo trabalhar incessantemente numa energia inesgotável?

Que poder realiza esta constante transformação?

Nunca saberemos até beber a última gota deste cálice do viver.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.