Rei de Paus

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Bom dia! :-)

Ainda em ciclo de Diabo, pulamos do Rei de Espadas para o Rei de Paus, dos ventos ao fogo e, pra ser sincera, eu gostei desta passagem...

Se ontem tivemos condições de planejar, organizar mentalmente, pensar, refletir, hoje temos energia para começar a executar. Isso me traz uma curiosidade e a vontade de perguntar pra vocês: como estão todos em termos de energia? Bem? Mal? Mais ou menos? Indefinidos? Porque eu tenho sentido uma certa dificuldade com o tempo/espaço. Parece que tá faltando sintonia. Ao mesmo tempo que estou cheia de vontade de realizar, parece que estou em câmera-lenta...rs

Vou começar falando um pouco desta imagem (não sei se agradou vocês), que me chamou a atenção e me deixou até meio perturbada. Estou para entender ao certo a razão disso, mas pode ter a ver com o tom de vermelho, o ponto em que o dragão e o rei se misturam, o cetro do rei que tem uma folhinha verde e viva, e este chapéu (deuses!) que estou até agora tentando identificar, mas que parece encantador!

Os dragões não são animais muito bem vistos no Ocidente, no entanto, no Oriente são considerados sagrados. E enquanto é unânime a crença de serem apenas seres mitológicos por aqui, por lá existem pessoas que afirmam serem descendentes de dragões. Pra quem duvida, basta dar uma procurada sobre o assunto no mestre google.

Tudo isso me faz lembrar um fato, perdido em um tempo distante, quase tão distante que faz com que pareça um sonho ou mera fantasia. Um grande e querido amigo, que no mundo virtual ficou conhecido como Nuvem que Passa, foi me visitar e ao chegar em frente a minha casa, dirigindo uma caminhonete, saltou para o lado de fora, gritou meu nome como se fosse uma ária de ópera e soltou alguns fogos luminosos, desses que espalham luzes coloridas por todo canto! Quando cheguei na varanda, fui brindada por tanta luz que parecia estar sonhando ou participando de algum momento mágico.

Então, meu amigo gritava: "veja os dragões no céu! Vamos saudar os dragões!" E nós ríamos sem parar, eu de nervoso, porque imaginei todos os vizinhos reclamando do barulho àquela hora...rs Mas os dragões já tinham entrado para a minha vida desde a primeira vez que encontrei pessoalmente com o Nuvem... Estávamos com um grupo de amigos em uma boate... O sócio que ainda não era sócio também estava presente... E fizemos uma tal "dança do poder"! Eu fiquei no meio da roda e confesso que em dado momento parecia estar hipnotizada! Dançamos e eu comecei a sentir um estranho calor surgindo do chão e subindo a partir dos meus pés. Senti uma energia estranha e forte me envolvendo, depois Nuvem me explicou que era a energia do dragão e que já tinha visto várias mulheres saírem engatinhando de uma dança daquela e que eu estava de parabéns por ter sustentado a força daquele jeito. Seja lá o que aquilo quisesse dizer, recebi um elogio, foi só o que eu entendi...rs

Gosto de lembrar dele... É como se eu pudesse estar perto de novo. Conversar, rir e tentar entender o que ele queria dizer com suas histórias e seu jeito especial de ser. Onde quer que esteja agora, tenho certeza de que compartilha dessa energia ígnea do dragão e que - quem sabe? - pode me ver falando e lembrando dele. O mais interessante sobre o Grande Mistério é que podemos imaginá-lo de diversas formas e mesmo criar novas realidades a partir dessas imaginações.

Que nesta quinta-feira meu amigo Nuvem que Passa esteja mais perto de mim e me sussurre boas novas... que ele se lembre da promessa que um dia fez de me apresentar uma mulher de poder que pudesse me ensinar o que ele não tinha condições e conhecimento para fazer. E que todos nós possamos expressar esta energia tão forte e vibrante do Rei de Paus, o grande transmutador!

Que assim seja! E que a quinta seja poderosa! :-)

A imagem veio daqui

12 comentários:

Ann disse...

Esse Rei de Paus veio desafiar a energia negativa do Diabo com a alegria e criatividade dele, como se dissesse que as intenções ruins não vão ter vez nessa quinta-feira.

lilith disse...

Bom dia, queridos do Via!

Que coisa mais linda essa energia, Claudinha! Opa, eu também tenho vivências divinas com os dragões (os meus são azuis cintilantes, muito iluminados) e também acredito que são seres extremamente poderosos e do bem, embora na visão ocidental São Jorge precise matar o dragão (sempre há que se colocar a culpa da sombra em alguém). Mas até Djavan pediu o dragão emprestado para ver se afinal o amor se decidia...

Adorei!

Poderosa quinta-feira pra todos nós!

Beijos,
Lilian


Clara disse...

Bom Dia Via!!!
Claudinha, "Viajei" com a história do Dragão. Passou um filme na minha Cabeça, como quando eu era criança, que ficava bem quieta assistindo aos Filmes que passavam em minha cabeça.
Estas "Viagens", são "ESPECIAIS".
Abraço

Cacau Gonçalves disse...

Bom dia, pessoas queridas! :-)

Bom dia, Ann, Lilian e Clara! :-)

Que tenhamos a proteção dos dragões e que sigamos com nossa energia do fogo sempre crepitando...

beijo!

Fernando Augusto disse...

Boa tarde, Via!

Salvem os Dragões!

Interessante isto dos dragões pois dependendo da cultura eles são bons ou maus. Vemos no Taoísmo o dragão como uma força oposta e complementar à força do tigre, simbolizando a harmonia dos contrários do yang e do yin.

Numa leitura mais esotérica dos arquétipos contidos em São Jorge e São Miguel vemos que o dragão nunca é morto, e acaba por fazer parte do conjunto do símbolo, tal como no símbolo do yin e do yang.

Contudo seria muito estranho se ocorresse uma inversão, ou seja, se o dragão submete-se o cavaleiro. E isto por vezes ocorre. Ocorrem inversões simbólicas, arquetípicas e existenciais. O exemplo mais conhecido disto é a inversão de sentido promovida por Adolf Hitler com relação a suástica.

O Diabo do Tarô espelha esta inversão, pois ele é o dragão que submete os seres humanos.

O Dragão é o guardião do templo da Sacerdotisa.

Quando não conseguimos vencer o guardião nos tornamos seus escravos.

A esfinge é uma outra representação arquetípica do dragão, do Diabo do Tarô, ela propõe o desafio à Édipo:

Decifra-me ou devoro-te.

Édipo decifrou parte do enigma, mas acabou por ser devorado pelo seu próprio destino.

O destino devora a maioria dos seres humanos.

O destino é o tempo, tempo é Cronos-Saturno.

Saturno está em Escorpião devorando aos que não são capazes de decifrar o enigma do próprio destino, Isto significa que precisamos aprender as lições cármicas de Saturno para não repetirmos velhos erros.

Saturno está em Escorpião junto com Mercúrio, Vênus e nodo norte.

Há lições cármicas a aprender, agora é a hora do teste, da prova.

O Diabo é Capricórnio, que é regido por Saturno.

Ele testa os nossos limites, é como Jesus enfrentando as tentações no deserto.

Ele reflete a nossa sombra nos outros.

Ele rege esta semana no Via Tarot e aparece com força, a força de um arcano maior.

Ele é o rei da conspiração, Conspirar é respirar junto. Junto temos o Rei de Espadas e o Rei de Paus. Um pensa e o outro age. O que eles tramam, o que tramam todos os reis sob os auspícios do Diabo: como ter poder, como obter mais poder.

Eles podem ser seduzidos pelo poder ou não, depende do quão conscientes eles estão de si mesmos e de sua sombra. E se eles apareceram aqui é por que eles estão, como não poderia deixar de ser vibrando dentro de nós.

Me veio a mente a frase seguinte:

EXISTE ALGO, POR DETRÁS DO TRONO, MAIOR QUE O PRÓPRIO REI - Sir William Pitt, 1770.

Cabe a cada um de nós descobrir as forças que nos controlam a partir da própria sombra, seja ela interna ou externa.

Finalizado com a frase do Nagual Don Juan Matus:

Nossos semelhantes são da magia negra. E quem quer que esteja com eles também é da magia negra. Pense nisso. Você pode se desviar do caminho que seus semelhantes traçaram para você? E, se você permanecer com eles, seus pensamentos e suas ações são determinadas para sempre pelos termos deles. Isso é escravidão. Por outro lado, o guerreiro está livre de tudo isso. A liberdade custa caro, mas o preço pode ser pago. Assim, tema seus captores, seus senhores. Não desperdice seu tempo e seu poder temendo a liberdade – Castaneda.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.

Fernando Augusto disse...

Errata:

submetesse (e não submete-se)

Clara disse...

Êta,Êta,Êta.
TÁ TUDO "BATENDO"

Fernando Augusto disse...

Bate primeiro, bate primeiro!!! Risos...

Clara disse...

Demais Tio
Excelente Humor!!!

MJuchM disse...

Senhores, só fui ler a carta do dia agora... E, rs, foi exatamente o que aconteceu... essa energia de começar o q vinha sendo plasmado, tentado, projetado.
Comecei coisas bowas hj, e atitudes...
Salve o Rei de Paus, do Fogo !

Unknown disse...

A história do Nuvem-que -passa me lembra a Agnes Alce que assovia... E o cão vermelho, a Rubi... Tu leste esta história né Cacau? Peguei a indicação do livro no via tarot e terminei com um gostinho de quero muito mais... Que o Nuvem que passa receba nosso amor :) gostei dele pela ousadia! bjos

Cacau Gonçalves disse...

Já estou no terceiro livro: A Mulher Jaguar ;-)
beijo!