10 de Copas

sábado, 5 de outubro de 2013

Bom dia! :-)

Por sugestão do sócio, ao invés de colocar um 10 de Copas aqui, de qualquer baralho de tarot, coloquei a imagem que representa o casamento de Hades e Perséfone. A razão disso é simples! Ontem, tivemos como regente do ciclo o Diabo e hoje temos o 10 de Copas, Arcano que costuma falar de uniões e casamentos, então, nada mais lógico do que falar do casamento que acontece no submundo, nos inférios (inferno).

Não sei se todos conhecem esta história, mas é uma das minhas preferidas da mitologia grega e vou me dar ao direito de contá-la ao meu modo...rs

Houve um tempo em que Zeus comandava a face da Terra, Poseidon comandava os mares e Hades o interior da Terra, lugar onde os mortos eram recebidos. Zeus era o conquistador do pedaço, Poseidon possuía um temperamento meio instável e Hades... ah, Hades era o esquisitão! Vivia isolado do mundo e acho que os outros deuses nem queriam muita conversa com ele, porque o cara era sinistro, vivia no meio dos mortos, enfim...

Uma outra deusa chamada Deméter era responsável pela colheita, a fertilidade. Graças a ela os homens se alimentavam, as árvores frutificavam, os campos de trigo vibravam uma luz dourada e as flores coloriam a Terra. Deméter tinha uma filha chamada Core, uma menina linda, mas ainda muito inocente, não sabia das paradas do mundo-cão.

Um dia Core passeava pelos campos distraída, como quem não quer nada, e Hades ao vê-la se apaixonou, imediatamente! Como naquela época não havia feminismo e aquilo lá mais parecia a casa da mãe joana, Hades simplesmente foi lá e raptou Core. Levou a moça para a sua morada, no submundo.

Só tinha um detalhe com o qual ele não contava... Deméter, mãe de Core, também era uma deusa e ao invés de armar um barraco, ela resolveu fazer greve. Uma greve mais violenta que a dos bancários! Acabou com a graça da galera: nada de frutas, legumes, verduras, nada de florzinha... Nada! A Terra se tornou um território árido e a humanidade começou a passar fome. Claro que logo juntou uma turminha mais rebelde, uns baderneiros desocupados e foram pra frente da casa do Sérgio Cabr... OPS! Errei de história! Não era isso não...rs Então, o povo se reuniu e foi reclamar com Zeus "como é que é, seu Zeus? A gente tem feito as oferendas direitinho, isso não é justo!" E Zeus reuniu a cúpula dos deuses e resolveu dar uma prensa em Hades... Algo precisava ser feito, senão o povo ia se rebelar!

Muito a contragosto Hades foi para a mesa de negociação com Deméter e ficou resolvido que Core, que agora já tinha arrumado um codinome mais poderoso para colocar ordem no inferno e se chamava Perséfone, ficaria metade do ano com ele, no submundo, e metade do ano com a mamãe, na superfície. E é por isso que existem as estações do ano... Quando Perséfone está visitando Deméter, ela fica feliz e a face da Terra fica cheia de vida (Primavera e Verão) e quando Perséfone fica no submundo com Hades, Deméter fica meio borocoxô e aí tudo fica meio frio e seco (Outono e Inverno).

Mas por que mesmo que eu contei esta história? 

Ah, sim... Vou pegar um gancho em uma acrobacia espetacular!!! rs

O 10 de Copas é a carta do casamento e se pararmos para pensar, o casamento é exatamente isto: algo que precisa de muita mesa de negociação, acordos, flexibilidade... Algo que tem dia que parece o paraíso florido e em outros parece o próprio inferno. Algo que frutifica, mas que também dá trabalho para manter em harmonia e equilíbrio.

Aqui estamos falando especificamente de casamento, mas isso serve para qualquer relacionamento.

Hoje, podemos esperar um dia voltado para os relacionamentos e os encontros harmoniosos. O que temos que fazer é a nossa parte, ou seja, encarar as relações de uma forma mais madura e equilibrada, e assim o resto flui na paz e no amor.

Um ótimo sábado para todos nós! :-)

A imagem veio daqui

4 comentários:

Ann disse...

Linda postagem, Cláudia, essa também é uma história que gosto muito.
Para mim hoje é dia de 2 de copas, o segundo nessa semana. Queria conseguir juntar meu 2 de copas com esse 10 de copas e fazer tudo ficar bem com quem eu amo, mas está sendo muito difícil :/
Enfim, ótimo sábado para todos!

lilith disse...

Bom dia, Via!

Magnífico! E estou prenhe dessa energia... acabei de assistir As Aventuras de Pi.

Sinto muito, me perdoa, vos amo, sou grata!

_/\_

Lilian

Fernando Augusto disse...

Bom dia, Via!

O casamento real só ocorre quando nos unimos ao outro em todos os níveis do ser.

Lembro aqui que Psique desce aos infernos na última prova imposta por Vênus_Afrodite. Isto é mostrado no 8 de copas do Tarô Mitológico.

Hoje sábado, dia de Saturno, regente do ano, me parece que passamos bem nas provas até agora, se assim não fosse não teríamos este 10 de copas.

O Astral continua com uma pressão vibratória fortíssima e esta alta vibração tem o dom de nos mostrar quem cada um de nós é.

A luz não é algo romântico. Há uma luta no universo e só podemos aumentar nossa consciência-luz mediante provas, testes, onde nossa fibra e nossa qualidade anímica é medida.

Ela é medida pelo portador do facho de luz, significado da palavra Lúcifer. Lúcifer é o Diabo do ponto de vista esotérico.

Lembro que Lúcifer é um dos nomes de Vênus, a Estrela da Manhã.

No astral Vênus está em Escorpião.

O Diabo sai ontem novamente em Vênus (sexta-feira). Há estranhas sincronicidades aqui entre o Via Tarot e o céu astral,

Estamos sendo testados assim como Psique foi em nossa capacidade de amar.

Se quisermos todos os nossos caminhos com amor-consciência saíremos vitoriosos das provas impostas por este maravilhoso mestre que é o tempo, Saturno-Cronos.

O 10 de copas indica as nossas vitórias e mostra como o arcano 15 esconde dentro de si grandes riquezas físicas, emocionais, intelectuais e espirituais.

Na escuridão do próprio armário por vezes surgem surpresas muito agradáveis. A nossa sombra está cheia de tesouros ocultos incríveis. Não é a toa que Plutão, regente de Escorpião, também rege os tesouros escondidos. Mesmo Plutão tem seus encantos.

Adentrar aos nossos infernos pessoais é fundamental para encontrar as enormes riquezas que lá estão à nossa espera: a totalidade do nosso ser.

Se não reconhecermos isto, se não mergulharmos em nós mesmos seremos escravos da sombra, pálidas projeções do que podemos ser, seres infelizes e torturados. Por outro lado, se voltarmos de nossas próprias profundezas, aceitando-nos por completo, entraremos num êxtase maravilhoso.

Plutão ou Hades revela os aspectos mais profundos do inconsciente e o encontramos no arcano 15 do Tarô.

Zeus representa o supra-consciente, o reino da consciência celestial.

Netuno é o reino humano, o reino das águas e da terra, o reino do consciente.

Só podemos ser completos se nos assenhorarmos dos três reinos tornando-o um só e começamos a fazer isto indo de encontro ao nosso lado sombrio, vendo o que não queremos ver, compassivamente abraçando os nossos demônios. Isto é dar a outra face.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.

AugustoCrowley disse...

perfeito, o amor e o realmente se envolver com o todo, pois o todo somos nós.