7 de Ouros

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Bom dia! :-)

O final de semana cumpriu o seu papel. Passagem de 2 de Espadas para Justiça e trabalho espiritual forte e profundo, daqueles que deixam a gente meio fora do ar e refletindo sobre muitas coisas. Não deu para ignorar a energia de corte presente tanto no sábado quanto no domingo. E a alternância de emoções mais alegres e mais pensativas, e até meio melancólicas, se fez presente.

Hoje, ainda na energia do ciclo de Justiça, temos o 7 de Ouros falando dos processos mais lentos, porém mais concretos e seguros que teremos pela frente.

Sempre que esta carta aparece, já sabemos que a paciência será necessária porque os resultados de um trabalho já realizado, vão acontecer, mais ainda não tão rapidamente. No mundo ansioso em que vivemos, em que tudo deve acontecer o mais rapidamente possível, em que "tempo é dinheiro" e que queremos controlar o desenvolvimento de tudo, ter que esperar o tempo certo de cada coisa é, praticamente, uma tortura.

É por isso que muitos autores fazem uma análise desta carta de forma mais negativa, quando, essencialmente, ela fala de realizações, só que são realizações que precisam de um tempo certo para acontecerem e precisamos aprender a respeitar esse tempo.

A paciência é uma qualidade que nasce com algumas pessoas. Infelizmente, não me encaixo nesse grupo! rs No entanto, nada impede o cultivo da paciência, através da disciplina e do desenvolvimento de foco e propósito. Hoje, eu tenho uma paciência que há 10 anos eu consideraria totalmente impossível ter. Superei limitações, aprendi a meditar, aprendi a dar um passo atrás e não permanecer na reatividade. Aprendi coisas que em tempos passados eu consideraria passividade ou "ter sangue de barata". E descobri que não preciso ter opinião sobre tudo e não preciso sempre dar a última palavra. E quando descobri isso, percebi o quanto de energia se gasta para preservar certos conceitos que o ego insiste em manter como absolutos.

Não saber lidar com o 7 de Ouros é não saber largar mão do controle. Controle sobre a nossa vida, sobre os fatos que nos rodeiam. Nesses dias de Mercúrio retrógrado, por exemplo, tenho observado e vivenciado várias situações em que a comunicação e a tecnologia estão "dando baile" nas pessoas... Conexões cortadas, lentas, as pessoas entram no skype e não são vistas online, escrevem emails que entram por um buraco negro, comentários que não entram no blog, os celulares dando tilt total... Enfim, adianta se revoltar? rs Compreender e absorver a sabedoria do 7 de Ouros é superar o desejo de controle e se entregar, com confiança e gratidão, ao que vem a seguir...

Uma ótima segunda-feira, com a certeza de que, no tempo certo, teremos boa colheita! :-)

A imagem veio daqui

5 comentários:

Clara disse...

Bom Dia Via!!!
Tem um "TEMPO " certo para Tudo.
Digo e Repito isto.
E como diz a Sabedoria Popular;
A FRUTA SÓ DÁ NO TEMPO CERTO.
Sempre que sai este Arcano sinto uma Certa Alegria, que não defini bem porque sinto isto. Também não estou interessada em definir.

Fernando Augusto disse...

Boa tarde, Via!

Hoje tivemos que dar uma parada e por isto o comentário sai mais tarde do que o habitual.

A carta de ontem exigiu uma parada para reavaliações, pois a Justiça pondera, avalia, analisa antes de decidir.

O 7 de ouros atua na mesma sintonia, pois em vários Tarôs vemos um agricultou contemplando e aguardando os frutos de seu trabalho.

O trabalhador é digno de seu salário, em termos espirituais. Isto significa que a Justiça Divina nos recompensa de acordo com os nossos esforços dentro da parte espiritual.

Hoje é dia da Lua onde tratamos os temas relativos a magia e a espiritualidade.

A Lua é o veículo para tudo que entra e sai da Terra.

Ela encontra-se minguante em Leão no céu astral. Assim ela pede a poda de nossa vaidade.

Não controlamos os processos da Natureza, temos que nos harmonizar com eles. O momento é de poda, de corte, a espada da Justiça em ação.

O agricultor no 7 de ouros ( Tarô de Waite) está no momento da poda e sabe que a poda estimula o futuro crescimento (notem a semente no interior da Terra no 7 de ouros de Waite).

Podemos podar aquilo que em nós impede o nosso crescimento. Fica então esta nossa reflexão sobre a questão da vaidade, associada ao signo de leão onde a Lua se posiciona.

A vaidade não é algo simples e ingênuo — explicou. — De um lado, é o núcleo de tudo que é bom em nós e, por outro, o núcleo de tudo que não presta. Livrar-se da vaidade que não presta requer prodígios de estratégia. Através dos tempos, os videntes renderam homenagens àqueles que conseguiram.

"Os novos videntes recomendavam que todo esforço devia ser feito para erradicar a vaidade da vida dos guerreiros. Eu segui aquela recomendação, e muitos dos meus esforços com você têm sido dirigidos a mostrar-lhe que, sem vaidade, somos invulneráveis."

— A vaidade é o nosso maior inimigo, pense sobre isso... o que nos enfraquece é nos sentirmos ofendidos pelos feitos e desfeitas de nossos semelhantes. Nossa vaidade faz com que passemos a maior parte de nossas vidas, ofendidos por alguém.

Citações de O Fogo Interior, de Carlos Castaneda

Clara disse...

É.
E se não nos ofendemos, nos chamam de Cínicos e ficam Loucos da Vida com nossa Reação

Nubia Souza disse...

Boah! Dificil desviar os olhos do outro e focar em si... grande conselho, longo caminho! Mas, Andemos pois a jornada nao acontece se o primeiro passo nao for dado! Grata Cau...grata Fernando e bjins

MJuchM disse...

Apesar da vontade de bater nos equipamentos... não estraguei nenhum.
Foram alguuuumas as situações... celular, cx eletrônico, computador, tablet...

humpf

E declaro aqui, se Algo estava a ser maturado e maduro mais um pouco ficou, foi minha relação com a pimpolha trakinenta Trakinas. =))) )
Firma-se algo.
;)
Firmou-se.

---
E curioso comentar assim, uns dias depois... pois a reflexão sobre a vaidade me impressionou, rs...

Tenho pensado em como ela me atrapalhou no passado, quando vivia de arte, ..., e desde a semana passada q venho meditando sobre.

Culminando, minhas meditações sobre, nesta segunda-feira passada.... dia deste seu comment, q leio e comento agora...

Realmente, como já disseram aqui, o Via e vcs se comportam como uma extensão das emoções e pensamentos de que por aqui passa.