6 de Copas

domingo, 5 de junho de 2016

Bom dia! :-)

Vez por outra, percebo que minhas maiores inspirações para escrever vêm do cotidiano. Sou, de fato, uma observadora atenta de tudo que me cerca e não somente do que tenho dentro de mim. Quando repito que o ser humano é fascinante, não estou inventando moda, estou relatando o que vejo por aí.

O domingo, por si só, já é um dia meio barro meio tijolo (como diz um amigo meu ao se referir a coisas bem mais ou menos). Se o céu está cinza e a chuva que cai há uma semana continua, firme e forte, a coisa piora um pouco mais. Me pego olhando pela janela e vendo as plantinhas felizes do meu quintal, penso: que bom que alguém fica satisfeito com tanta chuva!

Ligo o note para dar uma olhada geral nas coisas e encontro duas que me fazem pensar ainda mais no quanto o ser humano é fascinante: 1) perfil masculino fake no Facebook pedindo para ser adicionado 2) email, supostamente enviado por uma mulher, com uma foto que era pra ser sensual mas não atingiu o seu objetivo. E eu fico pensando... "Deuses! Eu gostaria de ter mais tempo para escrever artigos, terminar meus livros, cuidar mais do meu quintal, encontrar amigos... E tem gente que joga seu tempo ocioso fora assim!"

De uns anos pra cá, creio que me tornei menos criativa porque tenho menos oportunidade de ócio...rs Fazer nada é algo muito bom e não envolve somente o aspecto prático, mas a perspectiva interior. Outro dia, percebi que quando tenho um tempo disponível, diante da raridade deste momento, eu acabo correndo para fazer algo e com isso não tenho o prazer do ócio criativo, mas acabo arrumando o lazer compulsório, se é que vocês me entendem.

Não ter o que fazer é mais um estado de espírito...rs

Olhando o 6 de Copas, certamente, a mais forte lembrança que me vem é de um tempo passado em que o ócio era muito mais problema do que solução. A nostalgia dos tempos de adolescência e infância são frequentes neste Arcano, apesar de não serem tão frequentes em mim. Lembro de muitos fatos passados com carinho, mas sempre prefiro o momento presente e o meu foco permanece aqui. Mas o 6 de Copas não fala somente disso... Ele também traz a alegria e a leveza! E um jeito meio brincalhão de lidar com as situações que surgem... Do tipo: fazer piadinha com perfil fake e email inconveniente...rs E isso, pra mim, é sempre fácil! 

Que o domingo seja assim, então, alegre e leve como o 6 de Copas! No momento em que escrevi isto, o sol deu o ar da graça, por trás das nuvens! Hmm... Olha a energia do 8 de Paus pairando no ar também... ;-)

A imagem veio daqui

Um comentário:

Aldo Luiz Fonseca disse...

Deixa
desaguar tempestade
Inundar a cidade
Porque arde um sol dentro de nós

Queixas
sabes bem que não temos
E seremos serenos
Sentiremos prazer no tom da nossa voz

Veja
o olhar de quem ama
Não reflete um drama, não
É a expressão mais sincera, sim

Vim pra provar que o amor quando é puro
Desperta e alerta o mortal
Aí é que o bem vence o mal
Deixa a chuva cair, que o bom tempo há de vir

Quando o amor decidir mudar o visual
Trazendo a paz no sol
Que importa se o tempo lá fora vai mal
Que importa?

Se há
tanta lama nas ruas
E o céu
é deserto e sem brilho de luar

Se o clarão da luz
Do teu olhar vem me guiar
Conduz meus passos
Por onde quer que eu vá

https://www.youtube.com/watch?v=gxpWuSu2hkM

Na Paz da Gratidão!