A Rainha de Espadas e o Amor - Parte 2

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Para aqueles que não sabem, explico: o Facebook vem sendo fonte de inspiração para vários artigos que tenho escrito e de ilustração para alguns Arcanos do Dia, aquela coisa de "a vida como ela é"...rs

Então, hoje temos mais um desses casos. Meu querido amigo Manu postou uma pergunta (e trecho de uma música do Legião Urbana): e hoje em dia como é que se diz eu te amo?

Dei lá minha resposta, mas isso não bastou... Meus pensamentos ficaram presos lá e começaram a pipocar mil questões, a maior parte delas resultado do meu trabalho com consultas.

Fato é que cada pessoa sente o amor de uma forma diferente e, portanto, expressa o amor de uma forma diferente. E posso afirmar para vocês que isso é ponto de discussão e insatisfação em 11 de cada 10 casais heterossexuais...rs E a insatisfação é sempre da mulher, claro. Existem exceções? Sim! Mas são raras... Muito raras...

Eu poderia ficar algumas horas (dias?) falando aqui sobre a nossa sociedade patriarcal, machista, que condiciona o homem a não ter sentimentos ou pelo menos não demonstrá-los. Homem não chora, homem não se apaixona, homem tem que ser forte o tempo todo. Sorry... "tem-que" não...rsrsrs Homem é ser humano, ok? Homem também chora, tem seus medos, se apaixona, perde o rumo. Da mesma forma que mulher tem vontade de quebrar tudo vez por outra, mulher também quer férias de filhos (e isso não quer dizer que ela não os ama) e em certos momentos ela quer dizer somente o que está dizendo, não existem entrelinhas.

Mas não vou fazer isso não... Vou fazer outra coisa, seguir outro caminho...

O amor que cada um sente só pode ser avaliado por quem sente, concordam? Eu não posso dizer o quanto fulano ama e nem como ele ama... Mas o amor que alguém expressa pode ser avaliado, ok? Então, e este recado é especial para as meninas, vamos parar de querer dizer o quanto os outros nos amam e vamos substituir isso por "o quanto eles expressam o seu amor por nós". Acredito que homens tenham uma capacidade de amar muito boa, de um modo geral, mas eles são péssimos pra expressar isso! Então, se os meninos devem entender as oscilações emocionais femininas, talvez seja hora das meninas entenderem o modus operandi masculino.

Eu costumo fazer uma longa lista e recitar para as minhas clientes: 1) se ele está calado, é mais fácil estar preocupado com o saldo da conta bancária ou com um trabalho que precisa apresentar na reunião de segunda-feira do que chateado com você 2) homens costumam ser bem óbvios, é mais garantido acreditar no que ele diz do que ficar procurando sentido nas entrelinhas (quem gosta de entrelinha é mulher...rs) 3) 70% dos homens que são "galinha" ou traem compulsivamente são facilmente detectáveis, portanto, não há surpresas... o que pode haver é uma negação em enxergar 4) é mais fácil confiar em um homem econômico com "eu te amo" do que num homem que usa "eu te amo" como vírgula 5) homens não compartilham problemas, eles comemoram soluções... não espere que ele venha pedir ajuda ou opinião sobre as coisas que faz (exceções? Sim! Mas são raras) 6) homens têm a péssima mania de fazer planos, que incluem você, sem te comunicar 7) se o cara tem um problema pra resolver, especialmente se ele julga que essa resolução vai ser boa para o relacionamento, ele some (sim, desaparece sem dar satisfação), leva o tempo que precisar pra resolver o problema e depois volta com a certeza absoluta que você está no mesmo lugar (o lance é que, como mulheres costumam ficar histéricas com essa postura, normalmente, estão lá, que nem estátua, esperando ele voltar...rs)

Ou seja, como costumo repetir e repetir e repetir... O fato de homens e mulheres se apaixonarem é uma ironia da Divindade. Somos tão diferentes, especialmente na forma de lidar com o amor, que às vezes chega a ser engraçado. Se tivermos o bom humor necessário, dá para dar gargalhadas! Eu já fiz isso...rsrsrs

De um modo geral, mulheres expressam amor falando, mimando, preparando uma comida especial. A mulher tem uma necessidade impressionante de se expressar através da palavra, falada ou escrita. Reparem como acontece a troca de mensagens entre homens e mulheres: a mulher escreve sete linhas e o homem responde duas...rs É assim que acontece! E não é porque a mulher gosta mais do homem do que o homem da mulher... É porque os bebês meninos andam antes de falar e as bebês meninas falam antes de andar! (sabiam disso?)

Os homens costumam ser mais discretos na hora de expressar o seu amor. Falam, sim, mas de uma forma mais discreta, sem plateia. Mimam, sim, mas normalmente em situações específicas, quando se sentem os protetores ou provedores. Homens gostam de se sentir poderosos e de oferecer os benefícios do seu poder à mulher (desde que o mundo é mundo). Homens possuem mais facilidade de expressar o que sentem quando fazem sexo e isso não tem nada de errado. Sou suspeita pra falar porque sempre disse que depois de uma bela noite de amor eu consigo perceber muito mais claramente e intensamente o que sinto.

Mas existe algo que é incontestável: homens e mulheres expressam seu amor através do olhar. Me aponte um casal andando junto e eu te direi como está aquela relação! Eu detecto de longe, na postura física e no olhar, uma mulher mal amada, mal nutrida de amor... e um homem mal cuidado, desconectado com sua contraparte feminina. Da mesma forma, um homem e uma mulher que não têm um relacionamento amoroso, ainda, podem expressar o seu nível de conexão, atração e interesse através do olhar e da postura: a necessidade de se tocar durante uma simples conversa, os sorrisos, o olhar do homem que costuma ser mais direto e o da mulher que costuma procurar e desviar. Tudo é tão sintomático...rsrsrs

Quando resolvi escrever este artigo estava pensando nas mulheres, sempre mais preocupadas com a relação e igualmente insatisfeitas, pra elas eu deixo um recado: eu sei que sentimos prazer pelos ouvidos, mas procurem olhar nos olhos do homem que vocês amam e busquem compreender as diferentes formas de ele expressar o que sente por vocês. Vocês podem se surpreender! ;-)


2 comentários:

Renata Torres disse...

Claudinha, boa tarde! Ontem vi o príncipe de copas, e hj, só depois do almoço venho ler o via!! E confesso, esse seu "adendo"foi escrito bem pra mim!! haha, to rindo alto aqui, como tudo me serviu bem direitinho!! Ahhh essa sincronicidade do universo, é só a gente querer e pronto, tá na palma da mão!! Lindo dia pra vc. E muita, mas muita gratidão!! Bjs

Emanuel disse...

E não é? ;)