4 de Copas

sexta-feira, 28 de março de 2014

Bom dia! :-)

Vocês se lembravam deste naipe? Copas? Olha, demorei a associar o nome à pessoa...rs Depois de tantas Espadas meus olhos estavam se acostumando com a crueldade da mente arguta (Senhor, de onde eu tiro essas coisas às 23h 39m? rs) e com saudade da delicada fluidez da água.

Uma coisa eu venho percebendo... Posso estar passando por momentos nebulosos, sujeitos a chuvas e tempestades no final do período, mas essas oscilações depressivas não se fixam por muito tempo. Bastam algumas horas e já estou eu rindo e falando bobagem de novo! De volta ao meu normal anormal. :-)

Pois bem... Temos uma carta de Copas regendo a nossa sexta-feira de amorzinho, mas não é uma carta de Copas assim, tão, tão linda. Sempre gosto de Copas na sexta de Vênus, mas preferia um 2, um 3, um 6... Enfim... Chega de reclamação e vamos aos fatos!

Eu vivo rindo quando encontro imagens que reproduzem o 4 de Copas. Porque me dá vontade de falar "pirracento (a)!" rs Repararam que sempre aparece um homem ou mulher de braços cruzados e cara fechada, como se dissessem para a quarta taça: "não quero, não quero, não quero!" Creio que o efeito 3 de Copas seja por demais inebriante. Ninguém quer sair das celebrações!

No entanto, cá está uma criatura sóbria e lúcida para dizer para vocês que muitas vezes é no 4 de Copas que vamos aproveitar a melhor parte das celebrações. Porque no 3 não temos a consolidação, somente as conquistas e festejos. No 4 temos a consolidação das alegrias, do amor, dos sentimentos. Podemos não ter paixões efusivas, mas temos alegrias tranquilas (isso se não fizermos pirraça, né?)

A vida é assim... Um eterno ciclo... Um giro sem fim, mudando sempre de fases. E aprender a apreciar todas as fases e todas as partes do caminho é sabedoria. O convite que o 4 de Copas nos faz hoje é este: amem todas as fases do amor. Amem o começo, com seus fogos de artifício. Amem a construção da relação, com seus desafios. Amem o caminhar compartilhado rumo ao amadurecimento. Amem cada momento e cada aspecto diferente que ele apresentar. 

Experimentem! Tentem! Eu vou tentar! :-)

Ótima sexta-feira de amorzinho para todos nós!

A imagem veio daqui

2 comentários:

Fernando Augusto disse...

"Podemos recear que entrar em contacto com os nossos sentimentos possa despoletar uma enorme reacção de dor e de pânico." Texto Básico, p. 35, Alcóolicos Anônimos.

Bom dia, Vianautas!

Já ouviram falar em kleshas? Sim, kleshas! Pode ser que nunca tenham ouvido mas certamente já sentiram, sentem e sentirão seus efeitos.

Alguns arcanos podem identificar de maneira mais direta os kleshas, revelando assim o aspecto psicológico, ligado ao auto-conhecimento, deste método de investigação do inconsciente, desta psicanálise imagética que é o Tarô.

O Tarô é uma poderosa chave para a imaginação, para a meditação, para o desenvolvimento do lado direito (e também do esquerdo) de nosso cérebro. Possui três grandes níveis de conhecimento:

Exotérico, Mesotérico e Esotérico.

Aqui damos ênfase aos dois primeiros aspectos: exotérico e mesotérico. Podemos chamá-los, respectivamente, de divinatório (sim, nós apreciamos ver as tendências futuras dos acontecimentos) e psicológico (sim, igualmente apreciamos perceber os fatores internos que motivam os eventos).

Os kleshas ligam-se ao lado psicológico e mesotérico do Tarô. Tomei o termo emprestado da tradição iogue e budista. Poderia ter usado o termo usado pela psicologia reichiana de peste emocional. Poderia ter usado o termo pecado da tradição judaico-cristã, mas esta terminologia pode gerar erros de compreensão, pois seu sentido original perdeu-se para significar apenas uma infração as ordens sem sentido de uma pretensa divindade que as viola.

Kleshas são venenos emocionais, fruto da identificação do eu verdadeiro com o mundo da ilusão ou maya. O apego, a aversão e o medo são exemplos de kleshas.

Pode ser que a reflexão de ontem do 4 de espadas tenha nos conduzido a uma conscientização de um klesha no campo emocional com este 4 de copas e isto seria muito bom, pois nos permitiria a cura pessoal de um fator de envenenamento emocional. Com este 4 de copas poderemos perceber este fator caso ainda não temos visto ele dentro de nós claramente.

Muitas pessoas atualmente sofrem de depressão ou de ansiedade, mas isto são sintomas de kleshas atuam em níveis mais profundos da mente.

O 4 de copas pode expressar estes kleshas e também a cura emocional, assim deixo a imagem do 4 de copas do World Tarot com as frases curadoras do Ho'oponopono para vocês.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.

Cátia disse...

Deixa eu vos contar que eu acho que este 4 Copas se encaixou no meu dia.
Tudo porque eu fiz o trabalho de análise que me pediram, com correcção, e no final, chefão se virou contra mim, espumando, porque fiz bem.

Pode?!
Pode sim...

A mim, acho que me coube a parte do 4 Copas de auto-análise desta situação. Se eu tentar evitar discussões com o chefão, agindo de maneira ambígua, arrisco-me a enfrentar situações ainda mais difíceis depois.

K_line