O Enforcado

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Bom dia! :-)

E que imagem tão bela eu encontrei em meus passeios pela net! Maravilhoso este conceito de inversão da raiz e da copa da árvore! Adorei! Uma imagem altamente alquímica.

Pois bem, o tema de meditação de hoje é: o poder de dar um passo atrás para acumular energia. E o interessante é que as práticas de yoga associam a renovação de energia com as posições invertidas, portanto, vejam vocês, isso faz muito sentido!

A carta do Enforcado não é das mais simpáticas do tarot. Ok, eu concordo. Mas isso acontece se restringirmos esse Arcano ao conceito de limitação, prisão. Só que essa é apenas uma, dentre várias interpretações que a carta nos oferece.

Tradicionalmente, associamos o Cristo cósmico ao Enforcado, ou seja, mostramos que o sacrifício foi totalmente voluntário e não algo obrigado. É fundamental fazer isso, já que existe uma tendência de as pessoas que vibram a energia do Enforcado, de forma negativa, ficarem resmungando, chorando as pitangas pelo fato de se encontrarem em determinada situação.

O tema para a reflexão que escolhi para hoje mostra mais uma interpretação para esta carta. Temos a mania de achar que o bom é sempre seguir em frente, de preferência em alta velocidade. Acontece que em certos momentos a sabedoria pede uma parada, às vezes, mais do que isso. Pede também uma engrenada na ré. Dar alguns passos para trás pode, não somente fazer com que o pintor enxergue de maneira mais ampla a sua obra, como também dar fôlego para um trecho mais difícil da caminhada, dar tempo para criar uma estratégia vencedora, dar oportunidade de observar o adversário e suas atitudes.

Este momento em suspenso pode ser fundamental para que tenhamos mais poder em mãos ou para que possamos recobrar nosso poder perdido. Portanto, em uma quinta-feira de Júpiter, quando falamos tanto de poder, não pensem que o Enforcado vem nos falar de perda de poder, porque ele pode estar aqui, exatamente, para nos mostrar o contrário! ;-)

Outro bom conselho para o dia de hoje é não ficar se exibindo, né? Claro! Sejamos mais reservados, mais humildes e mais sábios. Em certos momentos a melhor coisa a fazer é não fazer... Não fazer e não aparecer! Alguns animais possuem uma camuflagem como proteção e o Enforcado às vezes me faz lembrar disso, essa coisa de ficar imóvel para que ninguém o note.

Bem, achei legal mostrar para vocês os benefícios das posturas invertidas. Assim a gente consegue compreender os benefícios do Enforcado também.

As posturas invertidas

Estas são posturas importantes no yoga e se dividem entre invertidas sobre os ombros e invertidas sobre a cabeça. Dentre os benefícios dessas posturas estão os seguintes: estimular a circulação sanguínea; fortalecer e equilibrar o sistema nervoso (são ótimas contra stress e insônia); trazer vitalidade a pessoas letárgicas e anêmicas; combater a depressão; atenuar varizes e peso nas pernas; reforçar a musculatura das costas, pernas, nuca e abdomen; equilibrar as glândulas do corpo, relaxar e trazer energia; amenizar problemas respiratórios, bem como dores de garganta e palpitações; auxiliar a digestão e a eliminação de toxinas e propiciar o rejuvenescimento facial.

Já estou vendo alguém se pendurando de cabeça pra baixo aí? rs

Ótima quinta para todos nós :-)

A imagem veio daqui

6 comentários:

Fernando Augusto disse...

Bom dia, Via!

Diante do texto da Sócia, como diria o personagem Bruce Wayne:

- I am Batman!

E esta certeza decorre do próprio mundo estar com o valores invertidos, tal como o nosso Enforcado(que nada tem de Enforcado) ou Pendurado.

Não posso deixar de notar a sincronicidade entre o Via Tarot e a Astrologia pois adentramos ao 12º signo do Zodíaco, Peixes. Estamos num momento de parada para reavaliação.

Alinhar-se com o mundo atual é alienar-se de si mesmo. ALinhar-se consigo mesmo e com a Natureza é o que nós pode salvar do próprio estado de coisas atual. Isto exige uma parada para reavaliação para termos a coragem de cortar de nossas vidas aquilo que não nos serve, que nos prejudica, que diminui nossa energia e constitui uma auto-sabotagem.

Esta parada do Pendurado nos leva a um mergulho dentro de nós mesmos para compreendermos nossos segredos, um mergulho de auto-descoberta, que vai além do racional e adentra ao mundo do inconsciente.

Que segredos temos para nós mesmos e que precisamos a todo custo entender?

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.

Tayná disse...

"Alinhar-se com o mundo atual é alienar-se de si mesmo."

Você parece ter dito justamente o que me incomodava há uns tempos. Muitas vezes sinto que não me encaixo nesse mundo... Que sou uma "alienígena"... E que me enquadrar em certos valores só me traz sofrimento. Mas a gente tem que ser a gente mesmo, acreditar no nosso coração, independente de ser aceito pela maioria ou não. A gente mesmo tem que gostar do que enxerga no espelho...

Carolinne Assis disse...

Lógico que geral se pendurou depois dessa. Amei essa abordagem! :)

Fernando Augusto disse...

Tayná,

a conquista da individualidade vem do sacro ofício do nosso suór sagrado, aquele que deriva do trabalho íntimo, pessoal de nos tornarmos verdadeiramente humanos enquanto espreitamos este mundo não-humano, pois por vezes penso que o mundo é que alienígena e não nós ;-)))

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.

Qualquer disse...

Fernando, isso que vc escreveu sobre o mundo ser alienígena e não nós tem tudo a ver com o Gnose, não? O mundo como manifestação do demiurgo e não do logos. E muito menos de Sofia. Falei bobagem?

Fernando Augusto disse...

Há pelo menos dois sentidos aqui:

O primeiro é no sentido do mundo visto como o sistema dominante que possui uma ideologia alienígena por que anti-humana.

O segundo é a visão gnóstica quando o Cristo diz: - Meu reino não é deste mundo. Cristo é chamado de filho de Deus e também de filho do Homem. Então este mundo como uma construção (matrix) e não como o maravilhoso planeta que é não pertence ao divino e nem ao humano, antes está sob controle de forças alienígenas, predadores que exploram o planeta e o humano, se fazendo estas forças de deuses (usurpadores).

Quando escrevo mundo me refiro a descrição da realidade que foi imposta e não ao mundo em si (planeta, Terra).

obs: acho muita graça quando vejo aqueles plásticos colados em carro que dizem:

PROPRIEDADE DE JESUS.