10 de Espadas

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Bom dia! :-)

Desta vez, não vou me queixar, reclamar, choramingar e nem ficar de mimimi... Adorei a presença deste 10 de Espadas aqui e tudo que espero é que ele seja a expressão da verdade no que diz respeito às questões de magia e espiritualidade. Ou seja, que algo que há muito se arrasta, traz desgaste e perturbação, finalmente, se esgote, chegue ao fim... Game-over!

Aproveito a carona do tema do dia e da carta para falar um pouco sobre um assunto que desperta muita curiosidade nas pessoas... Normalmente, as pessoas que não se vêem envolvidas neste tipo de coisa e acham que isso é excitante e charmosamente misterioso. Aviso logo que a vida real não é "Charmed", galera! Não se iludam... É bem menos interessante e bem mais chato, aborrecido.

Estou falando de pessoas que usam magia para perturbar a santa paz alheia. Por um lado, isso é mais comum do que uma mente equilibrada poderia imaginar, por outro, acontece bem menos vezes do que muitas pessoas querem crer... Muitas vezes, acontece o auto-enfetiçamento, ou seja, a própria pessoa se cerca de tanta negatividade, que acaba atraindo situações de bloqueio, conflito e negação.

É sempre bom analisar essas situações de forma cautelosa, mas uma coisa eu aprendi com um amigo  umbandista: "macumbeiro é f**a"!!! E entenda-se neste "macumbeiro" todas as pessoas que lidam, de alguma forma, com magia, das mais variadas linhas. O que mais vemos por aí são pessoas que querem resolver tudo na base do feitiço, já que não têm capacidade de resolver suas questões e conflitos com sua própria inteligência e coragem.

Sempre abominei este tipo de conduta! Acho de uma preguiça existencial profunda! Além de ser uma atitude típica de pessoas covardes... Sim, porque muitas vezes seria muito mais fácil confrontar, olho no olho, afirmar o que quer, ver se o outro quer também, ou colocar o que pensa pra fora... Seria fácil se não fosse o medo de ficar de frente com a verdade, claro. Então é mais interessante criar uma grande fantasia, achando que no fundo se é uma grande injustiçada pela vida, e mandar um ebó em cima! É tão tentador fazer isso, que a pessoa se esquece de uma coisinha chamada de lei do retorno...

Pois bem, a lição do 10 de Espadas, em uma segunda-feira da magia e da espiritualidade, é a lição do esgotamento destes processos. É quando alguém, de tanto enviar coisas ruins para os outros, chega em um ponto tal de saturação que o retorno começa a acontecer... Como se o mal enviado resolvesse retornar todo de uma vez. Isso não é difícil de acontecer, levando-se em conta que pessoas que possuem esse hábito criam pendências kármicas tão pesadas e com tantas pessoas, que em breve estão se afogando em sua própria maldade.

É com tristeza que faço esta constatação, pois creio que ninguém deveria passar por tal situação, assim como ninguém deveria agir de modo a provocar isso. Mas a melhor coisa que se pode fazer para se defender de pessoas assim é espelhar tudo que foi enviado... elas acabam "morrendo sufocadas em seus próprios dejetos" (plágio descarado daquela famosa carta do índio seattle ao presidente dos EUA).

Nossa melhor proteção é um coração puro, limpo de ódios, mágoas e rancores... Uma mente positiva, criativa e com bons propósitos. Um corpo forte, saúdavel e em equilíbrio. E uma vida espiritual rica, voltada para o crescimento interior e o contato com a Divindade (externa e interna).

Que o 10 de Espadas corte de vez todos os males enviados a cada um e a todos nós para que sejamos livres para continuar vibrando pelo amor e pelo despertar da consciência (amém! :-)

Boa segunda para todos nós...

A imagem veio daqui

4 comentários:

LUZ AZUL disse...

Bom dia povo do via, imperatriz e dez de espadas...então realmente a situação que se arrasta já deu...quero uma solução...e terei este processo terminado favoravelmente como a imperatriz, com poder amoroso e maternal, que me diz que tenho tudo para me sair vitoriosa...e assim será...não somente pra o meu bem mas para o bem de todos...
Sou filho do pai, o mundo é meu.
Eu te amo, sinto muito, me perdoe, sou grato.
Muita luz azul a todos.

Samara disse...

Para mim, a "mensagem" chega com algums meses de "atraso"... hehehe. Mas continua muito válida.
Eu era das que não acreditava que as pessoas disponibilizassem tanta energia (financeira, inclusive) para esse tipo de coisa. Já é tão complicada a evolução espiritual sem isso!
Mas como tu disseste e eu concordo, existe! E está chegando o momento de virada pra esse povinho criativo, já que estamos entrando numa era de clareza e desmascaramento.
Coragem, fé e coração puro pra todos nós! Um bom dia a toda "comunidade" Via Tarot!

Aldo Luiz disse...

Querida Cacau, que bela carta num belo dia, como todos os outros... "Pois bem, a lição do 10 de Espadas, em uma segunda-feira da magia e da espiritualidade, é a lição do esgotamento destes processos. É a compreensão de que só o AMOR INCONDICIONAL é o caminho... O mundo real é pleno de perdão, sem sofrimentos, sem julgamentos, é amor infinito, é abundância divina e perfeita para o nosso bem e o bem de todos... Sou grato por poder vivenciar o treinamento desta experiência nesta existência. Sinto muito, me perdoe, os amo, sou grato.

Fernando Augusto disse...

Bom dia, Via!

Uma estória que vem bem a calhar:

Kirtimukha.

Shiva, o destruidor de mundos, passeava com sua esposa Parvarti, quando de repente surgiu um monstro e disse:

- Quero que sua esposa seja minha mulher!

Ultrajado com aquele insulto, o deus Shiva criou então um monstro dez vezes maior e mais ameaçador que o primeiro, forçando este a lhe pedir clemência.

Shiva, então, poupou a vida do primeiro monstro, que passou a ser seu devoto discípulo e disse ao segundo monstro:

- "Kirtimukha" ou seja: que o mal consuma a si mesmo!

E o monstro se auto devorou.

Hoje, a máscara do demônio Kirtimukha serve como escudo de proteção nas casas e templos dedicados ao deus Shiva.