9 de Ouros

sexta-feira, 4 de março de 2016

Bom dia! :-)

O 9 de Ouros é uma dessas cartas que inspiram as imagens mais lindas. Já comentei isso por aqui. E a imagem que escolhi para o dia de hoje é uma das minhas preferidas!

Hoje é a bençoada sexta-feira de Vênus, o prenúncio do paraíso chamado final de semana. Mas vou falar um pouco sobre isso também e a descoberta fantástica que eu fiz! rs

Passei por várias fases na vida... Houve tempos em que eu era mais feliz durante a semana do que no final de semana. Durante a semana eu tinha mil atividades, encontrava pessoas legais, enquanto no final de semana ficava trancada em casa pensando, coisa que nem sempre é das mais agradáveis. Já em outras fases, a semana era demorada, longa, pesada e no final de semana me sentia livre e feliz.

Outro dia, percebi que se mantivesse este padrão, de esperar desesperadamente pelo final de semana, estaria vivendo somente dois dias em sete. Ou seja, estaria reduzindo muito minha vida, esperando para ser feliz somente no sábado e no domingo. Já pensaram nisso?

É importante estar bem sempre, não importa o que estejamos fazendo. E é por isso que, salvo momentos tensos no trabalho, lá na escola, eu estou sempre rindo, brincando e tirando proveito de tudo que faço. É a famosa máxima: não tenho tudo que amo, mas amo tudo que tenho ;-)

Outro detalhe a se pensar é o conceito de felicidade... Assisti, recentemente, um vídeo muito bacana da Viviane Mosé (mulher admirável!) em que ela falava de um tipo de adolescência tardia, em que só se desejava facilidades e alegrias, negando e rejeitando as tristezas, os desafios e até mesmo uma simples quietude, como se a vida tivesse que ser uma eterna festa! Creio que isso seja, também, a causa do consumo exagerado de remédios psiquiátricos, que deixam todos meio dopados, entorpecidos. Antigamente as pessoas ficavam tristes e isso era normal... coisas da vida! Hoje, o diagnóstico já é de depressão e precisa ser tratado. Ninguém quer sair da festa!

Desde muito nova, aprendi a lidar com os dois aspectos. Sempre fui muito alegre e divertida, mas quando ficava triste, olhava de frente pra tristeza, me permitia sentir, chorar, vivenciar aquilo até como forma de transmutar tudo aquilo e voltar a um estado de paz e harmonia. Com isso, percebi que é possível se sentir feliz mesmo diante das adversidades. Ou seja, ser grata e olhar tudo como processo de aprendizado. Como diz, sabiamente, meu namorado: não mudaria nada do meu passado, pois se não tivesse vivido tudo que vivi não seria a pessoa que sou hoje. Concordo plenamente!

Mas vamos falar sobre o 9 de Ouros, que tem conexão direta com esta história do que se fez e foi no passado... pois hoje colhemos os frutos de tais vivências. Esta é a carta da frutificação, a carta que fala do momento de colheita. Também é a carta da prosperidade e isso não se restringe ao aspecto material, mas a todos os setores da vida.

O que plantamos em termos de sentimentos e relacionamentos? Ontem mesmo eu falava sobre isso com uma amiga... Olho para mim e vejo a melhor versão da Cláudia! E tenho colhido o fruto deste desenvolvimento. Menos stressada no trabalho, administrando melhor conflitos profissionais e o meu tempo para executar tarefas, usufruindo de amizades maravilhosas e de momentos familiares, sendo menos cruel comigo mesma, lidando com o relacionamento afetivo de uma forma mais leve e tranquila. Deu trabalho? Deu! Mas o resultado está sendo muito bom! O 9 de Ouros fala de tudo aquilo que conquistamos através do trabalho e do esforço, mas também garante uma colheita farta.

Que possamos colher hoje o amor e as boas relações que plantamos e cuidamos no decorrer dos anos. Amém.

A imagem veio daqui

3 comentários:

Clara disse...

Bom Dia!!!
MARAVILHOSA Interpretação do Arcano Claudinha.
Estava Lendo e Um Filme da Minha Vida Rodava Paralelo.
Fui Recordando Simultaneamente da Minha Fase dos 30 aos 50 anos e este Lance de Semana de Trabalho x Final de Semana. Eu era Mais ou menos Feliz até Quinta feira, Sexta então quando as pessoas do trabalho começavam a Agitar eu me Sentia Muito Mal. Morava Só e Tinha poucos Amigos. Nossa não Gosto de Lembrar.
Parece que com o Tempo as Coisas se ACOMODAM Naturalmente.
Hoje já não Sofro Mais.
Moro no Interior, me aposentei e para mim está Bom. E daqui para a Frente quero mesmo é estar CADA VEZ MAIS em COMUNHÃO COM A NATUREZA. Esta Comunhão com CERTEZA é Meu 9 de Ouros.
Quero AMAR CADA VEZ MAIS OS ANIMAIS, Cuidar da Minha Alimentação, Ser uma OBSERVADORA da Vida que Passa, na REALIDADE QUERO MESMO É VIRAR UMA " ÍNDIA VELHA "
O URBANO sim, Mas só por Passeio. Aquela MUVUCA, NUNCA MAIS.
"CADA VEZ AQUIENTANDO MAIS"
MUITO BOM TER VOCÊ POR PERTO CLAUDINHA
NAMASTÊ!!!

Daniela .Souza disse...

Linda postagem
Li, reli e me emocionei!!
Que as marcar do que fomos sejam a nossa evolução.
Que a nossa historia seja aceita e que as lições sejam aprendidas.
E que possamos ser plenos para chorar e sentir com liberdade.
Que venham as festas, mas que exista a serenidade de uma tarde tranquila e meditativa para que possamos olhar e encarar de frente as questões que inexoravelmente tanto negamos.

Cacau!! Gratidão por tornar meu dia especial!!
Te love!!

Cacau Gonçalves disse...

Bom diaaa!

Gratidão pelas belas palavras e pela companhia, Dani e Clara!

beijos!