Rei de Ouros

domingo, 6 de março de 2016

Bom dia, boa tarde! :-)

Nem vou entrar em detalhes sobre o atraso na postagem de hoje, pois eu levaria muito tempo e a postagem sairia ainda mais tarde. Digo apenas que tive a confirmação de que as coisas estranhas que estava sentindo eram reais e que não dizem respeito somente a mim. Nesta madrugada, várias pessoas conhecidas tiveram experiências impressionantes. A minha foi curativa. Fui levada durante o sono para um local de cura, em que me deram algumas poções e me levaram para alguns rituais. O detalhe mais interessante é que foi um sonho consciente, portanto, eu sabia que estava sonhando, ou seja, eu sabia que estava em uma outra realidade interagindo de forma consciente.

Minha gratidão profunda aos companheiros de outras dimensões que vieram me auxiliar...

Pois bem, mas vamos falar um pouquinho deste Rei de Ouros que aparece por aqui no domingão de regência solar. De que forma este poderoso de plantão pode nos ajudar em termos de autoconhecimento e trabalho interior?

Vamos lá, seguindo um pouco os sinais que me cercam neste momento em que escrevo esta postagem e que meu namorado e minha mãe conversam sobre a transição planetária e o que pode vir por aí em termos de mudanças, fenômenos, transformações da raça humana e - para desespero de alguns - catástrofes em alta escala.

Eu creio que estamos neste planetinha azul para evoluir. Perdemos grande parte da nossa vida nos esforçando em sobreviver (comer, dormir, trabalhar, ganhar o sustento, evitar doenças e acidentes, etc), mas, o desafio é fazer mais do que isso e, além de sobreviver, conseguir se abrir à percepção do mundo invisível, daquilo que não está tão facilmente acessível.

Sempre que falo sobre este assunto, lembro do livro Mensageiros do Amanhecer, que falava de coisas, na década de 90, que pareciam verdadeiros códigos criptografados, e que hoje são informações claras como água (limpa). Toda vez que ouvir alguém falando de coisas, de forma enfática, que te tragam medo e insegurança, saiba que ali tem alguma má intenção, algum interesse de obter o poder e manipular. Isso não quer dizer que vivemos em um mundo perfeito e nem que devemos usar lentes cor-de-rosa. Isso quer dizer que o caminho da evolução não passa pelo medo, mas pela consciência, pela luz e claridade de saber o que fazer e evoluir, se transformar e transformar sua vida.

O Rei de Ouros é o contato com a (sagrada) terra, a força física e a segurança, a estrutura que todos queremos conquistar. Que ele nos guie hoje para que tenhamos acesso ao nosso interior, para que possamos olhar para informações interiores com coragem, para que possamos construir nosso novo ser. E que ele seja luminoso!

Ótimo domingão, ótimo começo de semana!

A imagem veio daqui

Um comentário:

Aldo Luiz Fonseca disse...


"Isso quer dizer que o caminho da evolução não passa pelo medo, mas pela consciência, pela luz e claridade de saber o que fazer e evoluir, se transformar e transformar sua vida."

Caros amigos, isto foi o que me ocorreu:

"Quem planta e cultiva, colhe o que plantou.
Inclusive as daninhas...
É preciso cultivar melhor;
cada qual o seu cada um.
Clareza nas escolhas.
A "fé" não faz escolhas...
Paciência na aceitação.
Gratidão pela infinita oportunidade de perceber e compreender que "as coisas" são como são as rosas.
São únicas.
Divinas e perfeitas.

Haja espiritualidade consciente para compreender a necessidade quântica de pedir "à fonte" as radicais infinitas faxinas desses nossos "amébicos" subconscientes. As memórias se camuflam como gatos no mato do nosso cósmico inconsciente.

Na paz da gratidão.