O Louco

sábado, 13 de julho de 2013

Bom dia! :-)

Virada de ciclo, em que saímos de uma posição de busca de estabilidade interior para obtenção de força e caímos em uma entrega ao inusitado, ao que é surpresa, ao que o próprio caminho vai mostrando e ensinando durante a caminhada. Esse é o Louco!

Gosto muito de imagens de Louco que sejam femininas. Elas costumam dar um tom diferente a esse Arcano. Eu diria que as mulheres mostram um lado mais artístico e poético do Louco. Nessa imagem, em especial, eu reparei o sol tatuado ao lado do corpo da nossa "louquinha"...rs

O Louco costuma ser muito inspirador quando estamos em fase de libertação. Ontem, minha postagem falou muito sobre essa capacidade de se lançar em aventuras, em dar um passo em direção à mudança, para que a mudança dê 10 passos em direção a nós. Hoje, o Louco chega como uma resposta e uma confirmação de tudo isso. É como se ele dissesse: se joga!

Uma boa reflexão para o dia de hoje é sobre a coragem que devemos ter e o grau de desapego necessário para que sigamos a estrada da vida, sempre abertos a novidades, sem permanecer ancorado em algo porto-passado. O Louco sempre fala de avançar, ir em frente, se lançar e mesmo pular sobre o abismo do inusitado. O ponto mais importante deste processo é o coração aberto ao novo, muito mais do que a certeza de que a meta será alcançada.

Vivemos em um mundo em que só desejamos as certezas, não as possibilidades ou o aprendizado do caminho. Acontece que nada pode ser tão certo ou exato a ponto de descartar a surpresa! E a surpresa, meus caros, nunca deveria ser descartada! Saber lidar com as coisas não programadas pode ser um dom, mas com certeza é alcançado também através de uma transformação interna.

Quando conseguimos olhar com alegria para tudo que sai do roteiro oficial, adquirimos uma flexibilidade bem maior e a capacidade de sermos felizes mesmo que não sejamos nós a definir onde o caminho vai dar. Aprendizados, gafanhotos! Aprendizados! ;-)

Um ótimo sábado para todos nós!

A imagem veio daqui

2 comentários:

Fernando Augusto disse...

Bom dia, Vi(d)a!

O Louco e suas loucuras por vezes nos tiram do foco e nos fazem olhar coisas para as quais não estávamos prestando atenção, pois o inconsciente emerge com força e revela desejos ocultos, que podem turvar uma visão mais pé no chão da própria realidade.

O Louco em dia de Saturno, sábado, é uma energia não muito bem ambientada à sisudez saturnina. Por outro lado pode dar margem a um impulso criativo, a vislumbrar outras possibilidades, mas é sempre bom avisar: cuidado com a perda do foco ou com um excesso de ingenuidade ou ainda com uma ambição ou sonho exagerado. Saturno pede contenção e não é muito dado a loucuras.

Tomar um desvio envolve sempre perigos e se o imprevisto nos surpreende e traz novidades temos que por outro lado perceber se o atalho não nos levará a nos perdermos nos labirintos das possibilidades.

"A loucura, longe de ser uma anomalia, é a condição normal humana. Não ter consciência dela, e ela não ser grande, é ser homem normal. Não ter consciência dela e ela ser grande, é ser louco. Ter consciência dela e ela ser pequena é ser desiludido. Ter consciência dela e ela ser grande é ser gênio". Fernando Pessoa

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.

Anônimo disse...

Amei o cabelo dA Louca!

Eu tenho uma simpatia enorme por essa carta. Tenho muito a aprender com O Louco. Pra mim, ele representa confiança inabalável na vida. O Louco pode ser um desafio muito interessante para alguém que como eu sempre desejou controlar a vida (!!!).