Ritual Via Tarot para o solstício de 21 de dezembro de 2012

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Foi vendida a falsa idéia do fim do mundo no dia 21 de dezembro de 2012. O mundo não acabará. Mas certamente há coisas no mundo que precisam acabar: a fome, a injustiça, a pobreza, a destruição da Natureza, o egoísmo, etc. Estas coisas acabarão através de um processo amplo, sem datas marcadas, e que começam efetivamente a partir do esforço de cada um para se alinhar com a verdade, a luz e a justiça. Não queremos o fim do mundo, queremos um novo mundo.

“Seja a mudança que quer ver no mundo.”

Partindo desta idéia sugiro um ritual usando o Tarot como referência. Não precisamos esperar pelo fim do mundo e nem pelo início do mundo, podemos ser senhores (as) do início de uma nova realidade em nossas vidas.

Como podemos fazer isto? Através de uma escolha, um ato, uma ação. Uma ação mágica, um ato de Mago. Sim, o Mago é o senhor dos inícios. Mesma qualidade que encontramos em Ganesha (divindade da mitologia hindu) e Exu (divindade da mitologia iorubá). O Mago, arcano um do Tarot, Ganesha e Exu guardam entre si fortes correspondências simbólicas. O Mago com sua arte-ciência é aquele que provoca transformações na realidade a partir de sua vontade.

Transformações só podem ocorrer se removermos de nossas vidas os obstáculos que nos impedem de mudar, crescer e evoluir. Ganesha é o destruidor dos obstáculos. O que sugiro é um ritual para Ganesha, no dia 21 de dezembro, onde usando a nossa vontade removeremos um obstáculo, um hábito prejudicial que impede que possamos crescer, evoluir e nos transformar. Não precisa ser nada tremendo, grandioso, o ideal é que seja algo simples, objetivo e já sabido a respeito de nós mesmos, algo que é um obstáculo ao nosso crescimento pessoal. Exemplo: ficar muito tempo no computador, dormir excessivamente tarde, postergar aquele atividade física, ver TV demais, comer besteira demais, beber refrigerante, etc, etc, etc...Como fazer isto? Preparar um pequeno altar para Ganesha, o nosso Mago dentro da mitologia hindu, o senhor dos inícios, o destruidor de obstáculos, Aquele que permite o sucesso e a prosperidade, trazendo a luz divina ao nosso intelecto. Uma imagem ou estátua de Ganesha, um pano vermelho e/ou amarelo, uma vela untada com lavanda (alfazema) um bom incenso e uma oferenda de frutas e doces. Peça para que Ganesha ajude na remoção de um obstáculo interno, interior, psicológico e perceba como a remoção deste hábito produz um efeito de remover algo desagradável de sua vida exterior. Peça para que Ganesha te mostre, revele e ilumine no sentido de te ensinar uma preciosa lição:

A ligação que há entre tua vida interior e tua vida exterior.

Antes do ritual tire uma carta de Tarot e coloque-a junto ao altar para que você tenha através da carta um ponto de reflexão à respeito daquilo que precisa ser removido para que sua vida tenha mais sorte, prosperidade e abundância em todos os sentidos.

Durante o ritual entoe em frente ao altar montado o mantra de Ganesha, estando em pé, por 10 minutos : Om Gam Ganapataye Namaha. 
 
Ofereça o ritual também para toda a humanidade para que todos nós possamos remover de nossas vidas aquilo que nos impede de crescer, evoluir e nos transformar. Recomendável fazer o rito logo cedo, pela manhã, antes de imergir nas atividades cotidianas e, se possível, ao longo delas, lembre do mantra, da carta de Tarot e de seu propósito.

Lembrando que o ritual é um reflexo de seu próprio “sacro ofício”, o trabalho sagrado de oferecer-se num ato mágico de transformação pessoal, consciente, decidida e voluntária. O poder do rito está no operador, no Mago, e não no rito em si.

Jaya, Ganesha!

5 comentários:

Katharina Dupont disse...

ADOREI!
Sem mais!

melldda disse...

Fiz o ritual com algumas adaptações necessárias.
Mas pra minha surpresa, a carta que saiu foi um 10 de ouros! Como eu trabalho um obstáculos com um 10 de ouros, gente??!

melldda disse...

Fiz o ritual com algumas adaptações necessárias.
Mas pra minha surpresa, a carta que saiu foi um 10 de ouros! Como eu trabalho um obstáculos com um 10 de ouros, gente??!

Fernando Augusto disse...

A questão do dinheiro, de saber lidar com o dinheiro, os temas ligados à ambição e/ou a preguiça devem ser objeto de sua reflexão, Melldda.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.

melldda disse...

Ah, obrigada, Fernando!