O Imperador

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Bom dia! :-)

Olha quem chegou por aqui, todo poderoso, todo administrador, líder, organizador. Poderia enumerar uma série de qualidades deste homem, inclusive falar do seu senso de correção, seu lado carinhoso e protetor, de patriarca... Mas como estamos numa sexta-feira de amorzinho, vamos pensar no aspecto mais amoroso, vamos analisar o amante Imperador.

Sei que algumas mulheres têm alguma resistência a este Arcano, porque imaginam um homem mandão, um autoritário machista. Mas devo dizer que a história não é bem assim, especialmente se levarmos em conta quem é a sua esposa, a poderosa Imperatriz que, todos concordamos, é uma mulher e tanto, que jamais se deixaria dominar por homem algum.

Nos meus velhos tempos, nos primórdios das listas de discussão sobre magia, xamanismo e bruxaria, costumávamos dizer que uma deusa precisava de um deus, ou seja, quando uma mulher se conecta com sua deusa interior, ela precisa encontrar um homem conectado com seu deus interior. É um estágio em que certas questões corriqueiras de relacionamentos afetivos não fazem mais sentido. Ambos devem buscar o seu poder pessoal e unir forças, ao invés de ficar cada um pro seu lado, disputando poder. O Imperador e a Imperatriz expressam exatamente isso. Ambos têm consciência do poder que possuem e compartilham desse poder, multiplicando tudo de bom que são capazes de criar.

É por isso que neste dia de Imperador com influência de Vênus, podemos olhar para este homem com mais doçura. Ele não chega por aqui para nos enfrentar ou subjugar. Ao contrário, ele se apresenta como o nosso protetor, nossa base, nossa estrutura, enquanto nós devemos absorver a energia da Imperatriz e oferecer a fertilidade, a criatividade e a flexibilidade.

A energia do Imperador também poderá nos dar uma postura mais prática, porém longe de ser fria. O Imperador não é frio... Ele deseja concretizar, no caso, concretizar o amor, organizar o relacionamento de modo que ele flua e seja vitorioso. O amor sem a prática amorosa é somente uma teoria, é abstrato, é um conceito. Para que o amor seja algo real no mundo das três dimensões, é preciso mais do que sentimento. É preciso amar e ser amado. E só se consegue alcançar isso, em termos práticos, com muito trabalho, outra palavra-chave do Imperador.

Que nós possamos trabalhar com amor pelo amor.

Ótima sexta-feira para todos nós! Imperadores e Imperatrizes! :-)

A imagem veio daqui

4 comentários:

Jeferson disse...

Mantra para meu dia:
"Que nós possamos trabalhar com amor pelo amor."
Mui grato <3
Abçs

Jeff

Clara disse...

Bom Dia.
É, Parece que no auge dos meus 60 anos, começo a colocar o Pé no Chão, ou seja, a "Integrar" a Parte Prática do Imperador.
"Antes Tarde do que Nunca".
E SALVE OS PODEROSOS E AS PODEROSAS TAMBÉM!!!

Fernando Augusto disse...

Hoje dia de Vênus vemos o Imperador que identifica-se com Júpiter, pai dos deuses planetários.

O feminino e o masculino em combinação, em tensão, em tesão, em oposição e complementação.

No céu Vênus está em Capricórnio e Júpiter em Câncer, tensão e tesão, 180 graus, o poder confere sex appeal tanto para homens quanto para as mulheres, pois nada melhor que uma vitória para elevar não apenas a auto-estima, se bem me entendem e não há vitória maior do que a vitória sobre nós mesmos plasmada no mundo, em realizações práticas.

Hoje poderemos entender um outro dito popular:

Melhor do que ser o rei é ser amigo do rei.

Temos aqui o tema do poder e do amor.

Temos aqui o tema do poder de amar e do amor ao poder.

Mas o que é poder?

E o que é amar?

Poder é a capacidade de realizar.

Amar também é a capacidade de realizar.

São níveis diferentes de realização. Uma se dá no corpo, no físico e na matéria e outra se dá no reino do coração, dos relacionamentos e dos afetos.

Estamos com a capacidade de integrar estes níveis do amor e do poder. Eles não são necessariamente opostos pois o poder não é poder sobre os outros aqui, é capacidade de realizar em nossas próprias vidas através, inclusive, de nossas relações, sem exploração, mas pelo poder da parceria e da cooperação.

Jung disse:

Onde o amor impera, não há desejo de poder; e onde o poder predomina, há falta de amor. Um é a sombra do outro.

Isto vale em termos da sombra, mas há um poder em que sua verdadeira natureza é o amor. Compreender e realizar isto é um dos maiores desafios do ser, pois esta é a essência nossa, aquele ponto aglutinante do espírito humano onde se encontra uma chama feita de amor, poder e sabedoria em equilíbrio.

A presença onde cada um de nós é, o Eu Sou.

Para celebrar esta presença real dentro de nós e que se plasma nas circunstâncias de nossa vida pelo poder da Luz temos a música Eu vi o Rei:

http://www.youtube.com/watch?v=yJ1lGsGi7Uk

Eu vi o rei chegar
Eu vi o rei chegar

Um rei assim
Que não escuta bem
Que adora luz
Mas não vê ninguém
Prefere olhar
O horizonte, o céu
Longe daqui
é tudo seu...

Eu vi o rei chegar
Eu vi o rei chegar

Seu sangue azul
Ninguém diz de onde vem
De que sertão
De que mar, que além
E para nós
Ele jamais se abriu
Só uma vez
Quando partiu

Eu vi o rei chegar
Eu vi o rei chegar

Um rei assim
Cultiva solidão
Sombria flor
No coração
E claro é
Que o pêndulo do amor
Às vezes vai
Até a dor

Eu vi o rei chegar
Eu vi o rei chegar

Devo dizer
Que eu não sofri demais
Mas devo dizer
Que acordei
Mesmo sem ser
Tudo que eu imaginei
Devo dizer
Que eu o amei

Eu vi o rei chegar
Eu vi o rei chegar

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.

Clara disse...


Para Mim Nelson Mandela foi um Rei.
Um Rei que soube brigar pelo que acreditava e inclusive Doar Sua Liberdade, assim como outros que por aqui passaram.