O Mundo

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Bom dia! :-)

Coroando esta sequência primorosa de Arcanos Maiores, cá está o Mundo, em uma versão belíssima, tanto em termos de imagem quanto em termos de interpretação.

Sim, Eu sou Um com Deus!

Cada um de nós é parte da Divindade e estando conectados a Ela, seremos capazes de fazer despontar poderes jamais imaginados! No fundo, todos sabemos que somos muito mais poderosos do que ousamos crer, mas entre o saber intelectual e o saber concreto, orgânico, pleno, existe um abismo.

Há poucos minutos antes de iniciar esta postagem, estava lendo uma homenagem escrita por um querido amigo ao irmão, que partiu para o lado de lá por esses dias. Juntei isso tudo às crises que andam me acompanhando... A gente passa a maior parte do tempo fazendo coisas que não gosta, indo a lugares que preferia evitar, deixando de conhecer lugares, pessoas e culturas interessantes, tendo uma rotina de vida absolutamente sem graça, com 80% de trabalho e responsabilidade e uns 20% de lazer, descanso e prazer... pra depois, um belo dia, sem aviso prévio, morrer... Puf! Acabou! Ok, eu acredito que tem continuação da história lá do outro lado...rs Mas a ligação com as coisas e pessoas deste mundo, puf-cabou-mesmo.

E aí - por favor, não quero deprimir ninguém no feriado do dia do trabalhador...rs - fica a pergunta: pra que? Pra que o sacrifício? Pra que as chatices? Pra que perder tanto tempo com coisas que não têm nada a ver com a nossa essência, nosso modo de pensar e sentir? Pra que perder tanto tempo com bobagem, se a coisa mais preciosa e valiosa que temos - o tempo - não para de correr?

Quando começo a pensar sobre essas coisas, minha vontade é de largar T-U-D-O. Sabem o que é tudo? Tudo mesmo! E sumir... Nem sei pra onde! rs Viver, rir, estar em contato com a Natureza que eu tanto amo, conhecer novos lugares, pessoas, aprender coisas novas, experimentar novas sensações... Aproveitar cada minutinho da minha vida com coisas que façam mais sentido do que realizar cadastramento de apostilas em um site do governo (ontem e hoje passei a tarde fazendo isso). Tem dias que passo a maior parte do tempo com um eco dentro da cabeça assim: "o que é que eu estou fazendo aqui???"

Então, olhando para esta carta do Mundo, eu respiro fundo, e tenho vontade de gritar: "EU SOU UM COM DEUS!!!" e que meu grito vá além de todos os limites imagináveis, que meu grito se espalhe por este e outros mundos, que eu seja Deus, esteja em Deus e tenha Deus em mim. Para que eu possa compreender as razões que a razão desconhece... Para que eu possa viver segundo minha essência... Para que eu possa viver em plenitude e amor.

Indo além de todas as limitações do condicionamento... É o que eu quero.

Uma ótima quinta-feira para todos nós! Um feriado caprichado, com descanso e diversão. Amém ;-)

A imagem veio daqui

7 comentários:

Vanessa disse...

Sincronicidade...

https://www.youtube.com/watch?v=oEY5_o4-0Wc

Vanessa disse...

Sincronicidade...

https://www.youtube.com/watch?v=oEY5_o4-0Wc

LD disse...

Bom dia e bom feriado para vocês!! Aí Cacau e FA, aproveitando a carta de hoje, se um dia vocês querem vir nos visitar aqui em Vila Real de Santo António (cidade pequena, bonita com o rio Guadiana e praia e Espanha (Ayamonte) logo ali, é só nos avisar teríamos muito gosto em vos receber!! Hum? Quem sabe?
Meu e-mail lilidamaso@hotmail.com
Bjs
Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grata.

ROSANGELA disse...

É por aí, Cláudia...
Estou sentindo tudo isso, também; apesar de, no meu caso, não poder, nem querer passar o meu "posto"...
Mas, ter que conviver com a TV ligada em noticiários, filmes, documentários...MACABROS, para mim é o que é mais perturbador... (detalhe: o volume é sempre alto...)

Regina Moreira disse...

Coragem, amanhã saberemos pq escolhemos assim.Somos um com Deus e podemos escolher, a partir de agora que seja diferente, talvez a msg seja para Integrar as coisas dentro de nós.É o SAL integrando o Sulfur e o Mercúrios...rs...Paz e Luz

Fernando Augusto disse...

A questão não é atingir a perfeição, mas sim a totalidade – Jung.

Comentário em http://viatarot.blogspot.com.br/2014/05/o-mundo.html

Uma vez quando tinha meus 20 anos, frequentando terreiros de Umbanda desde os 14 anos, o Exu Marabô se aproximou de mim e puxou a seguinte conversa:

- Filho, como você está?
- Estou bem, Seu Marabô.
Ele deu uma baforada em seu charuto e me espetou esta:
- Sabe, filho, isto aqui, o rito religioso, a parte espiritual é apenas uma parte da vida.
Em vez de me calar e refletir no recado dado quis me fazer de esperto e respondi na lata, com aquela arrogância juvenil mascarada de espiritualidade, me achando um iluminado, mas não passando de um reles “esquizotérico”:
- Seu Marabô, e quando a parte se transforma no todo?
Ele deu mais uma baforada no seu charuto, me olhou, guardou silêncio, cumprimentou-me e se despediu. Foi de uma elegância impecável frente a minha pretensa sabedoria juvenil, uma forma de imbecilidade deveras “aborrecente”.

Entender o que ele quis me passar demorou 30 anos, entender que o espírito permeia tudo e não está circunscrito a parte alguma, a rito nenhum, a nenhuma estrutura criada pelo homem e que devemos alcançar é a totalidade de nosso ser.

A totalidade do ser é a coisa mais difícil ser realizada, mas é a nossa maior necessidade existencial, pois podemos viver com apenas uma parte de nós mesmos, mas quando morremos é a nossa totalidade que se desintegra por inteiro.

Vivemos uma vida muito limitada, a maioria das pessoas nem sem toca disto, mas algumas são tangidas por uma inquietude espiritual e elas sentem desde sempre que o mundo não pode ser isto. O problema é que em função desta inquietude saímos correndo atrás de explicações, filosofias, sistemas e doutrinas, sendo que a Vida é muito maior que os modelos para explicá-la ou entendê-la. Então as pessoas aderem à modelos, à idealizações, à doutrinas em vez de perceber a realidade direta da Vida e como a Vida responde aos seus atos, emoções e pensamentos.

Com o arcano do Mundo temos a chance de compreender a Vida para além de pré-conceitos, doutrinas, filosofias e sistemas, temos a chance de compreender a totalidade de nós mesmos e o que realmente está em jogo no viver e no morrer, pois a totalidade abrange tudo, inclusive os opostos, como aprendemos com o arcano de ontem: a Temperança.

"Todo o universo é apenas um sinal para ser lido corretamente; as cores e as formas são postas aqui só para falar-nos; e tudo é espírito, nada mais existe. Guerra e paz, amor e separação são portas escondidas para outros mundos e outros tempos. Não envelheçamos acreditando ainda que a verdade seja o que a maioria das pessoas vê à sua volta..." do Ramayana.

E qual o indício de que nos aproximamos da totalidade de nós mesmos?

Quem responde é São João da Cruz:

Nesta desnudez acha o espírito sua quietação e descanso, porque, nada cobiçando, nada o impele para cima e nada o oprime para baixo, porque está no centro de sua humildade; pois quando cobiça alguma coisa nisto mesmo se fatiga.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato.

F.A.

Cacau Gonçalves disse...

Olá, pessoas queridas! :-)

Hoje estou aproveitando para comentar e responder por aqui...

LD, muito grata pelo convite, viu? quem sabe um dia? A Espanha é um dos países que mais tenho vontade de conhecer...

Rosangela, achei interessante o detalhe do volume alto. Eu sou muito sensível em relação a barulho, sons altos me perturbam, ainda mais se são com notícias ruins. Dica: mp3 com fonezinhos no ouvido com músicas tranquilas ;-)

beijão