Princesa de Ouros

domingo, 20 de novembro de 2016

Bom dia! :-)

Na quinta-feira tivemos a Rainha de Ouros e hoje, domingo, chega por aqui a Princesa de Ouros. No meio disso tudo, tivemos uma transição de ciclo, agora sob a regência do Hierofante, e ontem a visita foi do 9 de Paus... e com ele uma grande reflexão sobre a disciplina. Dias animados...rs

Sempre que a Princesa de Ouros aparece por aqui ou em algum jogo eu penso logo em trabalho. Muuuito trabalho! E quando falo de trabalho, não estou somente me referindo àquela atividade chata e repetitiva que fazemos, na maioria dos casos, para enriquecer alguém. Estou falando de trabalho como esforço, empenho, algo que se faz porque se quer (e deve) fazer. 

Uma outra característica interessante desta Princesa é que ela gosta do que faz. Ela realmente está empenhada em realizar o seu trabalho. O foco está muito mais no que ela faz do que nos resultados que vai obter. Então, além do esforço, da força de vontade, também temos foco, dedicação e amor pelo que se faz. Acho uma bela combinação!

Mas percebam que tudo isso chega para nós em um domingo que é, tradicionalmente (biblicamente...rs), dia de descanso. Não é curioso? Pois bem... É claro que podemos carregar esta energia da Princesa de Ouros por mais alguns dias depois do domingo. Mas, fora isso, podemos muito bem usar todo este potencial de trabalho (que talvez tenha sido inspirado pela disciplina de ontem) para o autoconhecimento, tema  do domingo de regência solar.

Vou falar por mim e peço que vocês reflitam, para ver se a situação se encaixa com vocês também... Eu tenho sentido uma grande necessidade de me ouvir... De permitir que, em meio à correria e ao excesso de trabalho, de preocupação, de stress, haja a possibilidade de eu ser, simplesmente, eu... Isso inclui fazer coisas que são importante para o meu crescimento pessoal, minha saúde física, mental, emocional e espiritual... Incluindo aí fazer academia, descansar, dormir, comer bem... Coisas tão básicas, mas que minha rotina, muitas vezes, não permite. Então, penso que a presença da Princesa de Ouros pode ser algo como um chamado para trabalhar para si, trabalhar com afinco e dedicação para o próprio bem estar. E eu acho a ideia maravilhosa e necessária.

Vamos olhar para esta Princesa como um chamado, uma permissão e um conselho para que sejamos mais dedicamos a nós mesmos. Ela está aqui, certamente, para nos motivar a trabalhar a nosso favor. Nós merecemos! ;-)

Ótimo domingo para todos nós!

A image veio daqui

Um comentário:

Aldo Luiz Fonseca disse...

"Vamos olhar para esta Princesa como um chamado, uma permissão e um conselho para que sejamos mais dedicamos a nós mesmos. Ela está aqui, certamente, para nos motivar a trabalhar a nosso favor. Nós merecemos! ;-)
Ótimo domingo para todos nós!

E assim estamos sendo "os" disciplinados, na paz da gratidão.